#02 Ciência Bíblica: Gênesis – Avançado!

79
Compartilhe a Verdade!

Compartilhe a Verdade:


Salve EDL;

Para entender esta série é necessário um mínimo de entendimento da Escola. Leia o livro Lucifer, veja os vídeos, ouça os Podcasts, etc.

 

Dito isto, vamos lá:

Tendo todo o Movimento ecoando sobre si mesmo, se auto interpretando, o Espaço-Tempo ganha forma coerente e a Consciência se reconhece em todos os ângulos, em revezamento, ficando assim, no Centro.

Ou seja, a Casa 7 (de trás p’ra frente) é a Tônica, se revendo no fim (Alpha e Ômega), tornando-se assim, a Oitava, “é a mesma nota, mas não é”. (quem é músico entende melhor isso. Leia detalhes no livro Lucifer);

Este é o Centro (7) do Hexagrama (6), mantendo o fluxo organizado que dá direção ao Caos Criativo que vem do 5, pois este tem a forma em mãos (4).

Sabemos que, tendo esta plataforma de 7 ângulos, a Consciência torna-se temporalmente Vivificante, e multiplica-se no 8.

Este Momento 8 é a Glória, o fluxo dos frutos, multiplicando-se ao invés de reduzir-se. Repare que, com os intervalos, o 8 cai no 13. Pois a plenitude 7, totaliza-se 12, como sabemos.

 

 

Vamos ao trecho:

Assim os céus, a terra e todo o seu exército foram acabados.
E havendo Deus acabado no dia sétimo a obra que fizera, descansou no sétimo dia de toda a sua obra, que tinha feito.
E abençoou Deus o dia sétimo, e o santificou; porque nele descansou de toda a sua obra que Deus criara e fizera.

 

Deste modo, os alunos mais antigos já entendem por quê Deus descansa no Sétimo Dia. É a consistência que fecha o Corpo e estanca o vazamento esquizofrênico (falta de ritmo temporal). Ali, a agonia paradoxal não queima em dor de Morte, mas de Vida. Aquele Momento “zero”(13) não cai no vazio, mas em um tabuleiro já moldado, carregando em si a plenitude para sentir-se apto a “disputar” com Deus, caminhando assim, p’ro absoluto da Morte por decisão própria, e deixando, consequentemente, Deus na Vida.

 

Estas são as origens dos céus e da terra, quando foram criados; no dia em que o Senhor Deus fez a terra e os céus,

No capítulo anterior vimos que já havia os vegetais:

E a terra produziu erva, erva dando semente conforme a sua espécie, e a árvore frutífera, cuja semente está nela conforme a sua espécie; e viu Deus que era bom.

Gênesis 1:12

 

 

 

No entanto, neste capítulo 2, principalmente na versão Católica (que tentou arrumar e piorou o trecho), vemos esta repetição:

No tempo em que o Senhor Deus fez a terra e os céus, não existia ainda sobre a terra nenhum arbusto nos campos, e nenhuma erva havia ainda brotado nos campos, porque o Senhor Deus não tinha feito chover sobre a terra, nem havia homem que a cultivasse;

Gênesis 2:5

 

Na versão Almeida vemos a diferença no realce do “que ainda”, sugerindo que haviam sido já criadas, porém não brotavam de forma autônoma:

E toda a planta do campo que ainda não estava na terra, e toda a erva do campo que ainda não brotava; porque ainda o Senhor Deus não tinha feito chover sobre a terra,

Entretanto, teve de manter a parte que nega a existência do Homem:

e não havia homem para lavrar a terra.

 

 mesmo que no capítulo anterior o confirmasse:

 

E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.

Gênesis 1:27

 

Muita gente já começa ridicularizando a Bíblia por essas aparentes contradições, logo no começo. Ora; se fosse um projeto de enganação, não seria mais fácil e mais inteligente alinhar tudo? Tais aparentes erros, tão óbvios, mostram que ninguém ousou tocar nas escrituras, pelo menos não além dos limites.

 

Qual a explicação então?

Depois do “descanso”, o fluxo se reencontra, e o Fruto precisa lidar com a Morte. Eis que a Água então, chove na Terra. Ou seja, o seco torna-se molhado, e conhece seu oposto, para voltar a entender e amar o que é. Deste encontro, o fruto nasceu no inicio, – e renasce no fim (Oitava citada acima). Esse Momento precisa ser “cultivado”, por ação Ativa e Criativa, durante o processo que flui, antes que se reencontre. Repare que a Tônica apenas é, sem saber. Já a Oitava, precisa ser, sabendo. Ambos são o Mesmo momento, se refletindo. “A Oitava consegue ser, porque já era, e já havia sido, porque esta sendo!”

Em outras palavras, para os alunos não veteranos: O Eco, antes de se perder, precisa se alcançar e verbalizar a si mesmo novamente. É isto que limita os giros e a distância entre Alpha e Ômega.

Imagine duas montanhas de frente uma com a outra, em uma distância em que se ouve os gritos de quem está no topo, uma ecoando na outra.

Você corre e ouve tua própria voz, teu próprio eco na montanha da frente, pois chegou lá antes do Eco sumir.

Então você grita novamente, e reforça o Eco.

 

 

 

Quando volta p’ra primeira montanha, o Eco está reforçado, porém nas laterais, ficaram mais fracos, pois “não fomos nas montanhas de lá”.

Então repetimos o processo em todas as montanhas ao redor, de forma a centralizar o Eco mais fortificado, que por sua vez, estará fortalecendo todos os ângulos.

Este processo é EXATAMENTE isso:

 

 

“Não chovia ainda”, demonstra que o fluxo temporal não havia se refeito ainda. A água é liquida, sólida e gasosa. Os três ritmos elementares, além dela mesma, estão n’ela também!

Isso é o Espírito de tudo. Até o mais denso metal torna-se liquido e evapora se acelerar. Tudo é o mesmo ritmo se posicionando, e a forma mais crua desse ritmo, chamamos Água.

Quando a Chuva cai sobre a Terra, os tempos se encontram, a Vida renasce.

 

Como os primeiros vegetais nasceram então?

 – O tabuleiro inicial contém tudo, como vimos, e a ligação temporal se fez pelos ares, em Espírito, eis o vapor, que se acumula nos mares, e nos céus, porém, de qual p’ra qual? Depende do observador, que conseguirá ver o vapor se acumulando abaixo, no Mar, e também acima, nas nuvens, ao mesmo tempo. A mesma água, acima e abaixo, em velocidades diferentes.

 

Um vapor, porém, subia da terra, e regava toda a face da terra.

Quando chove, porém, este fluxo torna-se binário, na terra, em linha reta, definindo o que é cima ou baixo. Ou seja, possibilita os rios, que podem destacar a autonomia da Vida em alguma região, pois fixa o fluxo. Dá forma para as direções dimensionais.

Dessa forma sim, o Homem poderia manter sua estrutura de imagem semelhança, gritando na “montanha do outro lado”, e conversando com o próprio Eco, que agora, não está mais só. Quando as “outras montanhas ao redor” não disserem nada, lá ira ele explorar, “dar voltas na Terra”. Assim nascem seus filhos.

 

 

E formou o Senhor Deus o homem do pó da terra, e soprou em suas narinas o fôlego da vida; e o homem foi feito alma vivente.

Agora que o Eco ecoava sobre si mesmo, e escolhia ecoar em contraste, era Vivo, pois tinha a perspectiva de referencia, e faria diferente, sem lembrar-se que era ele mesmo. Este, tinha algo a descobrir, algo a se lembrar, e era a Morte. Aquele fluxo dos rios, no entanto, não permitia que escapassem da Vida. Tudo resultava em vida. Não sabiam o que era “morte”.

Este era o Jardim de Deus, auto-suficiente, completo, protegido da agonia do Nada:

E plantou o Senhor Deus um jardim no Éden, do lado oriental (o Sol primeiro nasce lá); e pôs ali o homem que tinha formado.

E seus rios fechando a realidade:

E saía um rio do Éden para regar o jardim; e dali se dividia e se tornava em quatro braços.
O nome do primeiro é Pisom; este é o que rodeia toda a terra de Havilá, onde há ouro.
E o ouro dessa terra é bom; ali há o bdélio, e a pedra sardônica.
E o nome do segundo rio é Giom; este é o que rodeia toda a terra de Cuxe.
E o nome do terceiro rio é Tigre; este é o que vai para o lado oriental da Assíria; e o quarto rio é o Eufrates.

 

 

 

Deus então, colocou tudo o que havia de melhor ali. Enquanto a Consciência se surpreendesse, haveria pensamentos para verbalizar com Deus. Um dia de Descanso para Ele.

Para o Homem, esse Um Dia, era muito Tempo, e ele se encheu de Conhecimento sobre tudo o que havia, e faltava apenas o Abstrato. O “atrás do Véu”, que agora ele sabia onde estava, pois conhecera todo seu Tecido.

O Homem, cansado de tudo o que era Bom, queria conhecer o Mal; pois não poderia ser pior que seu tédio. Ele tinha força, energia, e poderia criar um mundo mais interessante que aquele. Sentia-se pronto para ser Deus, mesmo que sua lógica, temerosa, negligenciasse isso. Desta forma, aquele segredo pulsante no abstrato – Mulher (veja post anterior), achou espaço na lógica, que já queria autorizar a “rebeldia”. Deus, que já conhece a si mesmo, disponibilizou o caminho, e avisou do peso que era segurar a Morte, desta forma, poderia ficar com a vida sem ter enganado a si mesmo.

– Mantendo o Amor e a Honra:

E o Senhor Deus fez brotar da terra toda a árvore agradável à vista, e boa para comida; e a árvore da vida no meio do jardim, e a árvore do conhecimento do bem e do mal.

E tomou o Senhor Deus o homem, e o pôs no jardim do Éden para o lavrar e o guardar.
E ordenou o Senhor Deus ao homem, dizendo: De toda a árvore do jardim comerás livremente,
Mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás.

 

O abstrato feminino, feito IGUAL ao Homem, escolhera sair da “prisão”, pois sentiu-se Deus, e sendo abstrata, fluiu como a água. Esse Momento de abandono e traição, plasma para Adão como um pesadelo, que o intriga ainda mais, pois parece muito real. Como aquele Ser podia existir em suas memórias, mas não estar ao seu lado? Isso machuca Adão, que queria procurá-la; e Deus posiciona a esquizofrenia atemporal:

 

 

E disse o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora idônea para ele.

Em outras palavras: “Ele está sozinho na lógica”, (Lilith se foi), – seu Abstrato está ausente , visto que o preencheu com tudo o que conhecia.  Logo, a “surpresa” do amanhã, está intocável em algum lugar, menos lá. Este outro lugar já é automaticamente “criado” nesta perspectiva lógica. (complicado entender isso, eu acho).

Veja que Deus diz que fará uma ajudadora Fêmea, abstrata, mas não uma “Mulher, – EVA” logo de cara. A Mulher é o que resulta da busca abstrata. Entenda MULHER (na raiz da palavra) como EVA, “aquela que vem do HOMEM”, não qualquer Fêmea, abstrata, igual Lilith.

Uma vez que o Abstrato puro “escapa” da lógica, Deus preenche este espaço com este próprio fato, e assim, temporiza o Abstrato. Esta é EVA, que sai da Lógica já dominando o Abstrato Lilith.

Veja que Deus cerca esse abstrato Fêmea, Reino atrás de Reino, Vegetal e Animal, até transbordar em Adão; de onde retira esse abstrato, com Lógica, e faz um réplica avessa. Eis a Costela, que é parte de Adão, saiu de Adão, foi tirada de Adão, mas ele não pode ver, não muda nada. É abstrato, embora lógico. O osso, é a parte mais Abstrata, mas também a mais Sólida do Corpo! É como as pedras, abstratas, mas sólidas. Lá o Reino Mineral tece memórias que prevalecem sobre o Tempo, de forma abstrata, mas sólida!

 

Havendo, pois, o Senhor Deus formado da terra todo o animal do campo, e toda a ave dos céus, os trouxe a Adão, para este ver como lhes chamaria; e tudo o que Adão chamou a toda a alma vivente, isso foi o seu nome.
E Adão pôs os nomes a todo o gado, e às aves dos céus, e a todo o animal do campo; mas para o homem não se achava ajudadora idônea.

 

 

 

 

Quando Lilith se vai, “p’ra qualquer lugar”, menos lá; ela foi pro avesso, p’ra “dentro” de Adão (Corpo feito Temporal), de onde é retirada como Eva, agora com limitação, pois Adão veio antes, e está um pouco no Futuro, podendo “dominá-la” agora. Ela traz em si, no tempo de Adão, a memória da Morte, e a teme; ao contrário de antes. Eva nasce assim, e quando entende isso, que foi Lilith, torna-se Maria. Estas são as Três Marias, temporalmente falando. Plasmam em três perspectivas absolutas, ou seja, três Deusas, que os antigos diziam portar o Destino; e de fato, é quase isso.

 

Adão, por sua vez, já traz a experiência do Abstrato, e aquela sensação de abocanhamento (Amor) já é dominada e lhe parece ilusão, dando sempre perspectiva para que não se entregue a Eva, nem se ponha como igual, pois do contrário, eles caem.

Assim tornam-se dois, por não serem iguais. Sendo dois em Consciência, podem unir seus corpos sem mesclar e morrer.

Por ter agora Eva como proteção, Adão crê que pode salvar Lilith, e assim mordem a Maçã. Eva queria ser como ela, e Adão autorizou; quem sabe ela não tornaria-se então Eva?

– Paradoxalmente, isso é o que já havia acontecido, rs. (Não sei se entenderam.)

Então o Senhor Deus fez cair um sono pesado sobre Adão, e este adormeceu; e tomou uma das suas costelas, e cerrou a carne em seu lugar;
E da costela que o Senhor Deus tomou do homem, formou uma mulher, e trouxe-a a Adão.
E disse Adão: Esta é agora osso dos meus ossos, e carne da minha carne; esta será chamada mulher, porquanto do homem foi tomada.
Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne.
E ambos estavam nus, o homem e a sua mulher; e não se envergonhavam.

Gênesis 2:1-25

 

Bom galera, não sei o quão confuso tudo isso parece. Vocês não me falam nada. Gostaria de pedir que todo aluno que ler, comente. Quem não comentar irei considerar inativo e terei outra percepção a respeito. Me digam se está claro, se está difícil, se tem dúvida. COMENTEM! Senão parece pouco caso, e desanimo fazer. Obrigado.

 

Ajudem no merch, compartilhamentos, e mantenham-se como Membros. Estamos trabalhando p’ra ampliar as coisas aqui; há muito por vir.

Mostre-se presente para sentir-se em casa conosco. Fique conectado com a Verdade; doe energia, participe!

Dia primeiro estrearemos um quadro em rede nacional de TV. Logo falamos mais. Mantenham-se unidos, ajudando, para termos estrutura p’ra arrebatar mais e para marcar teu posto de lealdade.

Obrigado,

Luz p’ra nós

 

 

Compartilhe a Verdade:


5 5 votes5 1
Article Rating

Compartilhe a Verdade!

Entre com:




Subscribe
Notify of
79 Comentários
Most Voted
Newest Oldest
Inline Feedbacks
View all comments
Lucas Schwarzbold
Editor
23/05/2020 2:25 pm

Eu to em êxtase aqui, foi um baita desdobramento ler isso Bob, várias figuras geometricas se formavam enquanto eu lia e assim pude entender, lembrei até da síntese binária onde ouvimos a criação com aquele ruído rosa. Na segunda metade onde começa a falar da imagem e semelhança presa na lógica entre os rios de vida sem conhecer a morte, fiquei como uma criança lendo um livro de aventura, queria saber oque ia acontecer. Muito bom, pra mim ficou bem claro, acredito que vc também se sinta feliz em falar sobre as coisas do céu e ser entendido. Só tenho… Read more »

Gustavo Kraemer
Editor
23/05/2020 1:15 pm

Luz pra nós!
Confesso que não estou entendendo, mas vou lendo, de uma hora pra outra num momento de expansão as coisas se encaixam

Arthur Luighe
23/05/2020 2:08 pm

Pelo que já compreendo na Escola a explicação pra mim está perfeita. O texto tá bem explicativo. Gratidão Bob 🙌

serginho
23/05/2020 3:25 pm

grande mestre Bob, gostei muito do exemplo da montanha ajuda bastante a compreender me senti o flash correndo de uma pra outra antes do eco kk e a imagem se formou na cabeça e pude compreender melhor, as vezes fico confuso más a culpa é minha mestre de ser tão limitado… exemplos como esse da montanha que é praticamente vc desenhando pra gente intender são muito bons! luz p’ra nós!

Pietro Fernandes Gonçalves
Reply to  serginho
23/05/2020 3:36 pm

dessa forma mesmo irmao,desenhou na minha mente kkkk

Arlete Lima
23/05/2020 4:12 pm

A explicação sobre Lilith também me esclareceu alguns pontos que pra mim ainda não tinha desdobrado. Luz pra nós!

Pietro Fernandes Gonçalves
23/05/2020 2:43 pm

Muitoo bomm,gratidão Rei

Arlete Lima
23/05/2020 4:07 pm

Cada dia desdobrando mais coisas sobre a criação, essa nova série está bem clara pra mim que já li a biblía e o livro Lucifer. Algumas coisas que não discernia no binário como esses momentos eternos da realidade hoje já consigo entender. Embora desde o começo entendi na alma por ver a coerência inegável e por reconhecer no meu coração a voz do Mestre! Gratidão…

Vanda Santos
23/05/2020 1:36 pm

Maravilhoso conteúdo Mestre gratidão, Luz pra nós!!!

Leonardo Moreira Feitosa Rodrigues
23/05/2020 5:38 pm

Luz P’ra Nós
Essa explicação é bem esotérica e me comove q exista uma mulher abstrata, soberana, Lilith, mas também uma lógica e abstrata, mas submissa, Eva.

Poderia Adão um dia ter as duas? Rs

Tommi
24/05/2020 3:42 am

Confesso que achei sim confuso e difícil de entender. Talvez minha cognição/consciência esteja limitada. Estou gostando de ler, fez mais sentido as passagens explicando dessa maneira. Me sinto como peixe dentro da água recebendo explicação de como é fora, mas consigo sentir e ter vislumbres de que é verdade, se é que me entende. Aceito o que ainda falta entender pela fé, mestre! Luz p’ra nós!

Admin bar avatar
24/05/2020 8:51 am

Sobre o fato de a Mulher vinda da costela de Adão, Eva, submissa, ser diferenrte do Feminino abstrato, Lilith, rebelde é novidade para mim. Achei fantástico o fato de Lilth, Eva e Maria serem a mesma: as Três Marias . Sinto coerência em todo o corpo do texto, vou ler e reler outras vezes porque estou achando esta série sulreal. Grato a Deus por ter lhe conhecido grande mestre!. Luz p’ra nós!

Leandro Quantum Oliveira.
Admin
24/05/2020 11:00 am

Os dois posts estão excepcionais. É fenomenal como vc mostra claramente a coerência refletindo seus passos em cada dia descrito no Gênesis. Esse conhecimento tinha que chegar até o Afonso. Acredito que ele tem capacidade de entender dessa forma que tá explicando. O problema são o orgulho e certezas dele não deixar ele acessar. Mas enfim. Agradeço a Deus pela honrosa oportunidade que Ele me concedeu pela sua graça e agradeço por tudo que vc mestrão tem feito. Luz p’ra nós 🍎

Rômulo Matheus Lins
24/05/2020 11:52 am

Salve mestre! Creio que pra quem já sintetizou o corpo da coerência 7/12 e consegue desapegar da lógica teatral está td muito claro (entendível). No mais, sem palavras pra expressar a gratidão pelos desdobramentos. Luz p’ra nos!!

William Augusto
23/05/2020 5:52 pm

Esta claro, muito bom!
Luz p’ra nós!!

Admin bar avatar
23/05/2020 6:29 pm

Ficou bem explicativo mestre, uma linha puxa a outra e tudo vai se encaixando como uma quebra-cabeça.
Luz p’ra nós!

Saymon de Castro Januário
24/05/2020 8:43 pm

Não achei confuso; achei poético; muito harmônico. De fato, o livro de gênesis – canta essa história de forma lógica e abstrata ao mesmo tempo. Salve Moisés, que conseguiu plasmar na lógica, algo tão surreal. Grato a ti meu mestre eu serei para sempre. Aguardo ansiosamente mais luz. Luz pra nós!

Luiz Cláudio
24/05/2020 8:48 pm

Mestre o que eu consegui entender é o processo da consciência, que depois de ter criado o hexagrama e se posicionar ao meio(7 dia ), não poderia de jeito algum se deixar levar pelo abstrato (mulher-lilith) e sair da simetria que a colocaria em agonia de estar só(momento inicial), Deus sabendo que na lógica poderia se iludir com seus próprios ecos, preferiu mergulhar para dentro de si ao invés de encarar toda a escuridão ao seu redor. Ou seja posicionou a escuridão no meio, de forma bíblica, criou Eva dentro da lógica, um abstrato limitado pela lógica, pois assim demoraria… Read more »

Shirley 666
Reply to  Luiz Cláudio
26/05/2020 5:00 pm

Seu comentário me ajudou muito irmão! Gratidão!

Shirley 666
23/05/2020 6:37 pm

Eu acho que preciso reler algumas vezes, quem sabe expandir, entendi umas coisas outras ficaram confusas pq é um vai embora e volta outra, enfim vou reler em expansão pra ver se desdobro. A sensação é que Adão ficou sonhando e vendo um isso em sonho. Pq tá tipo sonho de tão abstrato. Rs
Vou ver com calma.
Luz p’ra nos!

Beatriz
23/05/2020 11:01 pm

Mestre, os exemplos que você deu deixa mais claro ainda as perspectivas, como o exemplo da montanha, da pra desdobrar bem, obrigada por tudo!
Luz p’ra nós.

Mateus Corrêa
24/05/2020 10:03 am

Salve Mestre, ótima materia, e ótimos exemplos e imagens usados, acredito eu que para os que ja tem um certo conhecimento do 7/12 vão compreender bem melhor os momementos , mais ainda sim os que não tem tanto conhecimento sobre, vão conseguir desdobrar varios pontos tambem! E assim segue o estudo! Mandei o primeiro post da serie pro coletivo aqui do DF que ainda não é aluno e a glr ta desdobrando legal, sinto que estão se reconectando com Deus! Gratidão por sua dedicação a nós Mestre.

Luz pra nós!

Gustavo Borba
24/05/2020 11:57 am

Bobzão… que gnose! Eu consegui compreender melhor a questão do Espírito Santo e do mistério das Almas Gêmeas. Realmente, é uma Ciência Avançada; que é necessário silenciar a mente para poder interpretar e discernir cada palavra descrita.

Fabio
24/05/2020 1:21 pm

Mestre Bob saudações. Uma pergunta me resta, depois de toda essa expansão da compreensão do todo que aprendemos aqui.
Oque fazer como todo esse conhecimento que adquirimos como podemos contribuir para a expansão do Reino aqui na terra?

Dri
Dri
24/05/2020 1:41 pm

Terminei de ler os dois. O que eu posso dizer eh que entendo perfeitamente, mas sem pensar, se eu inventar de começar a raciocinar em cima o endimento vai todo embora…

Não sei se deu pra entender rs
Obs: Leandro vai ler de novo comigo🙏

Gratidão por existir
Luz p’ra nós.🍎

MARCOS D'PAULA
24/05/2020 2:48 pm

Então, em parte sim. Porém não compreendi quando fala que a mulher é parte do abstrato do homem. E quando refere a lilid. Esse imaginário de Maria mãe se Jesus?

MARCOS D'PAULA
24/05/2020 2:52 pm

Quero dizer que está muito melhor a compreensão agora. Parabéns aos professores da escola. Breve quero conhecermos pessoalmebre. Salve me grande Bob. Que Deus continue lhe dando a luz da verdade e por ti consigamos abrir os olhos e ver a realidade! Gratidão!

Tatta Amanda
24/05/2020 3:04 pm

Sem palavras Mestre!
Agradeço por tudo e perdão por não conseguir fazer mais.
Ainda lerei mais vezes.
fiquei de boca aberta na explicação de como Lilith volta para Adão, é extremamente coerente!!!
Como o abstrato é poderoso, precisou se fazer em Lilith e Eva pra poder dar contensão e fluir ao mesmo tempo, uma sendo a outra ainda plasmam Maria!
Adão sendo 1 precisou “ter/conter” 3 para não se perder.
Senti que entendi as duas partes da série, mesmo que não entendendo logicamente rs

Vinicius Queiroz
24/05/2020 6:36 pm

Caramba, que conhecimento meus amigos! Coisa que eu demoraria anos para entender, consegui em alguns minutos, sou muito grato por tudo isso. Uma dúvida me surgiu nesse trecho: “visto que o preencheu com tudo o que conhecia.” O abstrato virou a lógica nesse caso? Luz para nós!

Armando
25/05/2020 4:07 pm

Salve Salve, Mestre. Hoje após ler novamente clareou a questão Lilith, Eva, Maria. Quanto ao processo da consciência se entrelaçando sobre seus próprios ecos para haver referência de espaço e tempo, e haver diálogo, criando as perspectivas eternas já está claro pra mim. Eu apenas não vi além do véu ainda, daí emocionalmente minha compreensão é limitada. Luz p’ra nós.

Vanda
25/05/2020 4:14 pm

Achei bem dificil, senti até uma certa esquizofrenia lendo, pois não entendi certas analogias: “EVA, que sai da Lógica já dominando o Abstrato Lilith”…. “Quando Lilith se vai, “p’ra qualquer lugar”, menos lá; ela foi pro avesso, p’ra “dentro” de Adão (Corpo feito Temporal), de onde é retirada como Eva, agora com limitação, pois Adão veio antes, e está um pouco no Futuro, podendo “dominá-la” agora. Ela traz em si, no tempo de Adão, a memória da Morte, e a teme; ao contrário de antes. Eva nasce assim, e quando entende isso, que foi Lilith, torna-se Maria. Estas são as… Read more »

Italo Alcantara
25/05/2020 7:56 pm

Perfeito.
Luz’p Nós!

Shirley 666
27/05/2020 1:11 pm

Lilith veio antes de Adão e ao voltar pra Adão se torna o depois de Adão como Eva? Por isso a submissão de Eva?
E Eva ao se lembrar que é Lilith torna-se Maria? Entao como vc já havia posicionado mestre, quando conheceu Jesus Maria se lembra que é Lilith por isso Jesus não era filho biológico de José? Ou seja ela mergulha na linha temporal de Lilith para engravidar de Jesus?
Gratidão mestre pelo conhecimento, luz p’ra nós!

Vanda
27/05/2020 1:21 pm

Eva seria o abstrato dominado pela lógica, Lilith o abstrato puro mas e Maria seria o quê? Outra coisa, confesso que me irrita quando nos comentários criticam o feminismo. Vcs não sabem o que uma mulher sozinha passa qdo tem que levar o carro no mecânico, tratar com pedreiros ou chamar um encanador. Nesse mundo cheio de bossal escroto machista, a gente tem que se “masculinizar” se quiser ser tratada com respeito. Não fomos saindo do abstrato lógico para a lógica pura por opção. Fomos e estamos sendo constantemente empurradas pra isso. Quem é ao mesmo tempo pai e mãe… Read more »

Ariel dos Santos
24/05/2020 12:00 pm

Luz p’ra nós!

24/05/2020 1:59 pm

Como em Lucifer , é incrivel como consegue sintetizar todo esse conhecimento sagrado. Bob é muito especial

(Alleyn)
26/05/2020 2:36 pm

Vou voltar a parte #1 e reler a #2
Mas aqui a parte de eva e as 3 marias me instigou a entender, parece que está só no abstrato, faz tanto sentido na sensção, mas buguei na lógica, tentando fazer a mente ver, por assim assim dizer. Gratidão, e desculpa a demora do comentário Mestre. Perdão por não estar conseguindo sintonizar. Luz!

Josimar Lima
Editor
26/05/2020 3:42 pm

Mesmo assim em casa voltarei a ler aqui no trampo tem muitas influências e cortes… Perdão pois já deveria ter lido!

Conrado Guimaraes Cruz
26/05/2020 4:17 pm

Gratidão mestre. O que parecia metáforas, são linguagens precisas, mas quânticas, que exigem conhecimento Luciferiano que só o verbo vivo nos traz. Gratidão eterna. Luz p’ra nós

Conrado Guimaraes Cruz
26/05/2020 5:40 pm

Mestre. Podemos dizer que Adão é a lógica consistente do hexagrama, Lilith é o pentagrama abstrato, e Eva é a tradução lógica do abstrato feminino?

Last edited 11 dias atrás by Conrado Guimaraes Cruz
Miryam Yoshiko
Admin
26/05/2020 5:56 pm

Luz p’ra nós ✨

Leonardo Moreira Feitosa Rodrigues
26/05/2020 6:25 pm

Mestre.
Deus fez Eva, do abstrato Lilith com o Adão lógico?O osso sendo abstrao e talz.

Como fica Maria nessa história?Ela é abstrato e logica?Justiça?

ALQUIMIA fALLT
26/05/2020 6:40 pm

Luz pra nos gratidão po esse conhecimento to entendendo ta indo uso lsd com esse conhecimento começo ver a vida tao diferente agora fui em religiões nada agora aqui parece que comi um fruto proibido 💡🙏 PS:nos vive tipo um gamer da consciência que nome e deus e cada perspectiva das tripos e das civilizações e que agora é perspectiva querendo ser ver em versao 2000 e vai ter um salvado em vai ser em qualquer decada secolos e milênio so para nao fica parado do nada quero ver versão anos 3000 e eterno sempre um povo pivo para da… Read more »

Last edited 11 dias atrás by ALQUIMIA fALLT
Anderson Júnior
26/05/2020 9:42 pm

Em questão de verbalização e cognição está perfeito, deve ser difícil explicar com outras palavras isso se tiver, realmente tem q ter um desprendimento bom do binário e já ter a síntese doq já é passado por aki e no livro. Sinto q posso entender tudo porém sempre relendo e desdobrando mais um pouco. Luz p’ra nós!

Matheus Lispecter
27/05/2020 11:59 am

Desde o primeiro post já tinha gostado bastante da maneira como foi explicado e me lembro de ter ficado perplexo no momento em que estava lendo e abstraindo. Luz P’ra Nós!!

Michelly
Admin
27/05/2020 1:15 pm

Salve mestre, o post está excepcional, cada vez mais a gente consegue colocar os pontos na lógica é incrível saber como tudo faz sentido e tudo está em seus devidos lugares, agora o Verbo nos trás essa conexão intensa e completa que ressoa em nossos corações e sintetiza em nossa cognição. De forma simples. Você explica tudo, até as coisas mais complicadas, e tudo flui, é incrível. Posso dizer que entendi, mas sei que precisarei reler algumas vezes, pra sintetizar melhor, sabendo que reforçarei o que foi compartilhado que sempre aprenderei algo novo pois a fonte é inesgotável Gratidão por… Read more »

Admin bar avatar
27/05/2020 1:31 pm

Começou clarear quando entendi que são três e um ao mesmo tempo (falando das Marias). Mas ainda assim é difícil dar forma, não sei separar o que é teatral, binário e o que apenas “emocional/consciencial”

Catarina Melo
Admin
27/05/2020 5:39 pm

Gratidão por tudo Mestre, sempre ilumiando o caminho, estamos unindo as forças para ajuda-lo a clarear também.

Cada dia mais lendo e relendo, entendendo e sentindo para captar o que cada palavra diz.

Luz pra nós!!

Lucas Moreira (jazz)
Admin
27/05/2020 6:33 pm

Gratidão mestre essa é a interpretação da cognição mental, o Verbo vive.

Bruno Souza
27/05/2020 9:15 pm

Lendo e relendo o Livro, para melhor compreensão!
Mas a sensação de coerência é forte!
Luz pra Nós!

Juan
Editor
28/05/2020 12:01 pm

Dps de ler esse compreedi melhor o primeiro tb
Ainda vou reler as duas p analisar melhor, as vezes parece mt questao de momento.. uma hora n entende bem, mas na outra o entendimento aparece melhor

26/05/2020 11:49 pm

Explêndido Mestre Bob!✨ Estou estudando com bastante atenção o conteúdo riquíssimo dos dois posts para entender bem as profundas e sagradas Palavras neles contidas. Obrigado Mestre por nos trazer mais esses preciosos conhecimentos. Luz p’ra Nós 🍎

Last edited 10 dias atrás by dayllon13

Next Post

Saiu uma matéria do Metamorfose no O Canal do portal IG

sáb maio 23 , 2020
Compartilhe a Verdade!Compartilhe a Verdade:Salve família. Saiu uma matéria do Metamorfose no portal do IG, no site O Canal. Ajudem deixando seu comentário lá, e compartilhando em suas redes. https://ocanal.com.br/falcao-rapper-metamorfose-e-lobao-detonam-bolsonaro-em-musicas-com-pesadas-criticas-ao-presidente/   Luz p’ra nós. Compartilhe a Verdade: 60 SHARES Compartilhe no Facebook Tweet Follow us Share Share Share Share Share […]

Siga-nos os bons

Ative o Sininho

Clique Aqui

Quem está online

Bruno Bauler
Matheus Ferreira
Vanda

Você:

Teus Téritos bônus

0 Téritos

Selo

300 Téritos

People who have earned this:

  • Admin bar avatar
  • Admin bar avatar
  • Admin bar avatar
error

Seja caminho para a Verdade

79
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Pular para a barra de ferramentas