Cogumelos alucinógenos ‘reiniciam’ cérebro de pacientes com depressão

8
Compartilhe a Verdade!

Compartilhe a Verdade:


Testes clínicos mostraram alívio nos sintomas depressivos após uso da psilocibina.

— A psilocibina, composto psicoativo presente naturalmente nos cogumelos alucinógenos, pode auxiliar no tratamento da depressão, sugere um estudo publicado nesta sexta-feira na revista “Scientific Reports”. Pesquisadores da Imperial College London usaram a substância para tratar um pequeno número de pacientes que não respondiam aos métodos convencionais, e os resultados surpreenderam: os benefícios duraram até cinco semanas, aparentemente porque o composto “reiniciou” a atividade de circuitos cerebrais relacionados com a doença.
Comparações das imagens cerebrais dos pacientes antes e um dia após o tratamento com o alucinógeno revelaram mudanças na atividade cerebral associadas com reduções marcantes dos sintomas depressivos. Carhart-Harris ressalta que os resultados são iniciais, limitados a um pequeno grupo de pacientes que não responderam a outros tratamentos, e não há um modelo de controle. Mesmo assim, os resultados da terapia experimental são surpreendentes.

Cogumelo Cubensis (Saiba mais em nossa loja)

— Nós demonstramos pela primeira vez mudanças claras na atividade cerebral de pessoas com depressão tratadas com psilocibina — explicou o líder da pesquisa, Robin Carhart-Harris. — Muitos dos nossos pacientes disseram se sentir “resetados” após o tratamento, usando analogias dos computadores. Por exemplo, um disse sentir como se o cérebro tivesse sido “desfragmentado” como um disco rígido, e outro disse se sentir “reinicializado”. A psilocibina talvez esteja dando a esses indivíduos o pontapé inicial que precisam para se livrarem do estado depressivo.

Ao longo das últimas décadas, vários testes clínicos foram conduzidos para determinação da segurança e efetividade dos psicodélicos em pacientes com problemas psicológicos. O estudo da Imperial College London é o primeiro a tentar tratar a depressão com o princípio ativo dos cogumelos alucinógenos, conhecidos popularmente como cogumelos mágicos.

Os 20 pacientes que não demonstraram evoluções com tratamentos convencionais receberam duas doses de psilocibina, sendo a primeira de 10 miligramas e a segunda mais forte, com 25 miligramas. O intervalo entre as doses foi de uma semana. 19 dos participantes realizaram exames de imagem no cérebro antes de receberem o composto e um dia após a segunda dose. Os pesquisadores mediram alterações no fluxo sanguíneo e na comunicação entre diferentes regiões cerebrais. Questionários avaliaram os sintomas apresentados pelos pacientes.

Imediatamente após o início do tratamento, pacientes relataram uma redução nos sintomas depressivos, o que corresponde a relatos anedóticos sobre o “brilho”, efeito caracterizado por melhorias no humor e alívio no estresse. Mas os exames de imagem revelaram redução do fluxo de sangue em determinadas áreas do cérebro, incluindo as amídalas cerebelosas, conhecidas pela relação com as respostas emocionais, o estresse e o medo. Também foi observado o aumento da estabilidade em algumas redes cerebrais.

A descoberta fornece uma nova visão sobre o que acontece no cérebro das pessoas após elas “retornarem” de uma viagem psicodélica, com uma desintegração inicial das redes neurais durante o uso dos alucinógenos, seguida pela reintegração.

— Pode ser que os psicodélicos realmente “reiniciem” as redes cerebrais associadas com a depressão, permitindo efetivamente que os pacientes se libertem do estado depressivo — sugeriu Carhart-Harris.

Contudo, os pesquisadores alertam que os resultados não são conclusivos, e pacientes com depressão não devem tentar a automedicação, já que a equipe de pesquisas fornece um contexto terapêutico seguro à experiência psicodélica. Um novo experimento, comparando a psilocibina com medicamentos antidepressivos, será iniciado ano que vem.

— Estudos maiores são necessários para ver se esses efeitos positivos podem ser reproduzidos em mais pacientes — alertou David Nutt, coautor da pesquisa. — Mas os resultados iniciais são excitantes e fornecem um novo caminho terapêutico a ser explorado.

 

FONTE: O Globo 

 

 

 

 

Compartilhe a Verdade:


0 0 vote
Article Rating

Compartilhe a Verdade!

Jac Jannie

Mary Jannie's Sister - Jacqueline: Significa "a suplantadora", "aquela que vem do calcanhar de Deus", “a filha gêmea que nasceu por motivo”; “que Deus a proteja”. Jacqueline é a variante feminina e francesa do nome Jacques, nome equivalente a Jacob ou Jacó. Ya’aqov’el. Jac: Significa “Deus é cheio de graça”, “agraciado por Deus” ou “a graça e misericórdia de Deus” e “Deus perdoa”. Jannie: Significa “Deus é cheio de graça”, “agraciada por Deus” ou “a graça e misericórdia de Deus” e “Deus perdoa”.

Entre com:




Subscribe
Notify of
8 Comentários
Most Voted
Newest Oldest
Inline Feedbacks
View all comments
Pedro Saints
Editor
15/08/2018 10:14 pm

deve ser incrivel uma experiencia com esse tipo de alucinogeno

Samuel Peres Rodrigues
20/08/2018 11:52 pm

Deve ser uma experiencia unica 🍄💜

Kaique Freitas
27/08/2018 8:56 am

não tive essa experiencia ainda , espero ter em breve..

Romário Vieira
28/08/2018 1:13 am

Eu tive varias expansões com os Sagrados, logo posso afirmar que de fato minha realidade se transmutou… Tive meu despertar do interior Divino! Gratidão!

Rafael Gustavo
28/08/2018 11:33 am

Ja tive experiencia com diversos enteogenos e é sempre muito esclarecedor. Sou fardado no Santo Daime há 18 anos e tudo que aprendi e aprendo na comunhão com essa doutrina entra em total ressonancia com o que o Bob ensina…. Quando li o livro do Bob foi como se tudo que eu vi até hj entrasse em ordem, tudo fez sentido……

Sayle jr
01/09/2018 6:10 pm

Os Enteogenos são um presente de Deus p homens!

Márcio Henrique Brito Vieira
10/10/2018 6:47 pm

Não vejo a hora de experimentar

Admin bar avatar
09/07/2019 6:16 am

Está tudo na natureza, graças ao Todo. Luz pra nós!

Next Post

As minas de mercúrio de Almadén dos Rothschild: Agente de Controle da População da Antiguidade

sáb jul 7 , 2018
Compartilhe a Verdade!Compartilhe a Verdade:  O mercúrio é uma das substâncias mais tóxicas da Terra, um veneno clássico que pode ser encontrado na natureza. Em seus vários compostos, é conhecido por causar depressão, ansiedade, distúrbios neurológicos, pensamentos de suicídio, doenças crônicas, fadiga e uma série de outros problemas de saúde. […]

Siga-nos os bons

Ative o Sininho

Clique Aqui

Quem está online

Tatta Amanda
Rafael
Rô
Shirley 666

Você:

Teus Téritos bônus

0 Téritos
error

Seja caminho para a Verdade

8
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Pular para a barra de ferramentas