sáb. maio 15th, 2021

Crianças Palestinas em Israel são presas, torturadas, humilhadas, diz ONG

Compartilhe a Verdade!

Compartilhe a Verdade:


Crianças Palestinas em Israel são presas, torturadas, humilhadas, diz ONGA Comissão de Prisioneiros Palestinos  (PPC) documentou testemunhas de prisioneiros palestinos menores de idade dentro das prisões israelenses, afirmando que eles foram torturados e humilhados quando foram presos e durante suas investigações, informou a Agência de Imprensa Safa .

O prisioneiro menor, Abdul-Min’em Al-Natsha, 17 anos, revelou que as forças secretas israelenses o sequestraram das ruas do campo de refugiados de  Shu’fat,  juntamente com Usama Taha, 16.

Os dois meninos revelaram que foram levados para um centro de investigação e passaram quatro horas sendo investigados. Eles foram algemados, insultados e espancados.

Al-Natsha observou que membros da unidade do exército israelense, Nahkshon, o espancaram mais de uma vez no caminho para participar das sessões do tribunal.

Eles me venceram só porque conversei com minha mãe durante uma das sessões do tribunal”, acrescentou Al-Natsha.

Enquanto isso, Taha explicou que os policiais da unidade de Nahkshon levaram o cachorro da polícia para ele no caminho para o tribunal.

Outro garoto, Motasem Sheikha, 17 anos, descreveu seu sequestro pelas forças secretas israelenses enquanto caminhava pelas ruas do campo de refugiados de Shu’fat.

Ele acrescentou que passou 30 dias sendo investigado no Centro de Detenção Al-Moskobiyeh, onde foi torturado depois de encarcerado em uma sala sem câmeras de monitoramento.

Abdul-Rahman Abu-Laila, 17 anos, também foi sequestrado por forças secretas israelenses em seu local de trabalho na cidade de Akka, Israel.

Segundo o PPC, Abu-Laila ficou trancado no  Centro de Detenção Petah-Tikva  por dez dias. Ele passava todos os dias algemado em uma cela isolada.

Raed Rashid, um garoto palestino de 16 anos da Cisjordânia de Jenin, disse que as forças de ocupação israelenses arrombaram a porta principal de sua casa à noite, invadiram seu quarto e o prenderam enquanto ele dormia.

Quando eles viram minha mãe gritando enquanto apontavam suas armas para mim, eles me bateram severamente na frente dela”, disse ele ao PPC.

Rashid revelou que ficou preso no Centro de Detenção Al-Jalama, enquanto estava com os olhos vendados e algemado, por cerca de 10 horas.

Os meninos Sheikha, Al-Natsha e Taha estão detidos na prisão de  Al-Damoun  e os outros, Rashid e Abu-Laila, estão na  prisão de Meggido .

Não. Palestinos não são criminosos se é isto que sua mediocre mentalidade está pensando exatamente agora. 

Pesquise a verdade e descubra o porque isso acontece com jovens, crianças e mulheres palestinas e a mídia oficial judaica não mostra isso na sua podre televisão.

Acha mesmo que crianças palestinas ou quaisquer outras ao redor do mundo mereçam este tipo de tratamento?

Veja mais abaixo se tiver estômago e nervos fortes:

Que sua consciência mostre o que você deve fazer a partir de hoje diante disso. Pois isso reflete em nosso Brasil. Quer você queira quer não. Quer você assimile isso ou não. Cedo ou tarde os fatos que aqui acontecerão em nossa Pátria amada, mostrarão do porque falo isso e do porque nosso portal insiste em mostrar esta perspectiva do Oriente Médio.

 

Luz pra nós!

Compartilhe a Verdade:


0 0 votes
Article Rating

Compartilhe a Verdade!

Entre com:





Subscribe
Notify of
7 Comentários
Most Voted
Newest Oldest
Inline Feedbacks
View all comments
Leonardo Moreira
31/01/2020 1:46 pm

Triste!
Luz P’ra Nós

Rodrigo Zica
31/01/2020 6:39 pm

Que Deus guarde e conceda consolo a esses inocentes!
Luz pra nós!🙏

Michelly
Admin
31/01/2020 8:39 pm

Que Deus abençõe. Luz p’ra nós!

Jonathan Muniz
01/02/2020 7:20 pm

Luz p’ra nós!

Michelly
Admin
03/02/2020 1:56 am

Luz p’ra nós!

Silas Ramos da Silva Junior
Editor
05/04/2020 12:36 am

Luz p’ra nós

José
13/05/2020 11:09 am

Luz pra nós

error

Seja caminho para a Verdade

7
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Pular para a barra de ferramentas