ter. dez 10th, 2019

Deuses – O domínio da consciência

Compartilhe a Verdade:


 

Vejam como teatro após teatro, tão ilusórios quanto reais, a partícula de luz se transforma em tudo que existe conforme se enlaça no desconhecido. Percebam como um reino não para jamais de alimentar o outro. Os homens continuam tendo que absorver todos os reinos anteriores para estarem vivos.

 

 

Após o Reino Animal, quando o homem compreende as ações e reações de todos os reinos anteriores que compõe seu corpo, aprenderá a dominá-los, dominando também, a si mesmo.
A partir daí ele aplicará sua energia à manutenção dessa realidade que tanto ama, usando de todos os segredos que agora conhece.
Ou seja, criará seu reino, seu lar, como um Deus que conhece a existência e se auto-domina, não um mortal escravo de ilusões fugindo do medo.
Em todos os “mitos”, os Deuses vivem no mundo real, seja no “Monte Olimpo” ou “Asgard” e etc… guiando os mortais do nível “abaixo”, e dando-lhes o Conhecimento.

 

Assim, novamente outros Deuses ou padrões tentarão dividir sua perspectiva, já que as bases de seus reinos provém de mesma fonte. Estas disputas juntam e separam mortais e animais por muito tempo, gerando as diversas fases deste o período Luciferiano, que uma hora se tornará tão insuportável para os novos homens, que apenas outro teatro os salvará.
O de um Deus pai, único, que os protegerá em troca de lealdade e trabalho como dissemos. Assim cria-se uma raça pura de novos homens entregues ao todo, mas que um dia se corromperão como vimos, pois a luz não pode parar e as perspectivas devem se manter. Este povo puro esquecerá o que é a dor após conquistarem o mundo com o poder de Jeová, e precisarão ser lembrados.
Para a vida cotidiana, peço as consciências mais evoluídas que já entendem estas palavras, que fiquem atentos na verdadeira manifestação de vossos seres “do passado” em suas vidas.

 

Deixem de localizar-se na lógica, em algo externo. Lembremse que externamente só há as mesmas frequências, padrões ou “átomos”, e o que vemos de fato é a interpretação única que cada um faz disso.

– A Perspectiva.

No mundo ao redor, cada coincidência e cada sensação de que você é o protagonista desse filme que vive, é real. Tudo acontece em você, só para você, pois esse “você” já é inevitavelmente parte do todo. JÁ É o todo no momento em que protagoniza aquilo.
As traduções da realidade de cada um compõe a onisciência do todo.

A limitação de uns faz base para os seguintes, como se cada ser fosse em si a memória do universo. Pode parecer interminável o tanto de perspectivas e situações que cada um pode ter em suas vidas, no entanto, ao mesmo tempo são muito limitadas.

 

Sempre o mesmo ciúme, amor, dor, sonhos, felicidades, medos e etc…

Os momento-sensação são sempre os mesmos, embaralhando- se com nossas conclusões e memórias (lógica). Por isso, a maneira como você interpreta tudo e como conversa com a vida é exclusivamente sua, e conforme desdobra o Conhecimento, passa a fechar triângulos novos e possuir mais respostas diante dos demais.

Respostas baseadas nas causas da vida e não nas ilusões do teatro. Respostas que servirão para todos. Assim sendo, suas conclusões de cada momento que compartilha com outros acontecerão mais rápida e abrangentemente. Parecerá ser claro cada pensamento e atitude das demais consciências presentes.

Na realidade, se você possui mais conhecimento, mais seguro está do funcionamento das situações ao redor; pensa mais rápido, tem as respostas e enxerga as demais limitações.

Vibra num padrão superior que acaba abocanhando os demais.

É como se estivesse algumas frações de segundo no futuro, (de fato ESTÁ) e os demais tornam-se consequências de seus pensamentos e atitudes.

 

Os “Deuses”, são consciências no extremo deste fato. Criando, concluindo e ampliando suas perspectivas acima dos demais.

Chamamos isso de “criação da realidade”, e acontece o tempo todo. Em qualquer ambiente você estará compartilhando a realidade com as demais consciências. – Refletindo o mesmo momento, que interpretarão diante de referências.

É a grandeza da alma que ditará o ritmo vibracional e a superioridade da criação no ambiente. A referência do “topo”.

Isso não significa que quem cria mais alto quer ser líder. Alguns se camuflam, se isolam e até se irritam.
Conforme evoluímos, todos os jogos do ego das pessoas ao redor passam a ficar muito claros e desconfortáveis. Parecemos ler seus pensamentos e prever suas atitudes. Estamos literalmente revendo conclusões que já tivemos e constatando as sensações de uma maneira mais clara.

Veremos claramente a atuação de cada ego no ambiente. A maneira como enganam a si mesmos, ou são enganados por seus egos. A maneira como tentam enganar os demais, vezes propositalmente, e vezes por orgulho, raiva, timidez e outras sensações que ainda não enxergam ou não controlam. São almas vítimas delas mesmas, e nós de fora poderemos ver, criar e driblar seus momentos.

Diante de alguém que cria acima de você, será difícil ir contra sua vontade, enfrentá-lo ou convencê-lo. Essa disputa de criação acontece o tempo todo. Entre todos os seres.

Por exemplo, quando a reta masculina deixa de se apoiar no circulo da mãe e passa para a esposa, veremos estes dois ciclos femininos disputarem aquele espaço de criação no mesmo ambiente e frequentemente causarão caos, ou no mínimo, atuarão muito bem contendo as sensações, mas sentindo-as.

 

Mulheres criam muito alto, sendo o círculo, conseguem virar as retas para o lado que quiserem. Como o raio de uma roda.
A não ser que a reta seja maior, ou seja, o homem mais evoluído, então este criará sobre a mulher, dando-lhe direção, uma face para o circulo, uma lógica e segurança. Quando a mulher cria acima, o homem fica apaixonado mas a mulher se cansa.

Se o homem cria acima, a mulher fica apaixonada mas o homem se cansa.

– Quando revezam o poder de criação, então encontra-se o equilíbrio e felicidade. Porém isso é difícil sem amor e honra.
Esta habilidade de controlar o poder de criação pessoal é o que diferencia quem é atacado por um leão e quem o domina.
Quem acerta um golpe e quem o toma. Quem conquista e quem é conquistado. Quem vence e quem perde. Quem se cura e quem perece.

Para ser livre é preciso aprender a criar seu próprio universo, onde tudo ao redor é reflexo dos seus pensamentos. De maneira que só encontrará aqueles que você vibrar para isso, de maneira que o acaso o proteja, de maneira que o universo fale com você através de tudo o que existe.

É mais do que lei da atração, fé, rezas, sorte ou destino. É a verdade da consciência que traduz dentro de nós as frequências ao redor. Nós nos posicionamos e enxergamos aquilo que sintonizamos. Isso é ciência. Já é fato científico que a posição de cada partícula é resultado do observador. Já falamos da Física Quântica. Por isso o melhor lutador não é o mais musculoso, nem o melhor artista é o que mais estudou, e sim, aqueles mais sensíveis, que canalizarão as vibrações do ambiente e as equalizarão em seu favor. É por isso que nossas sensações e ânimos variam tanto. Porque flutuamos nas vibrações das consciências ao redor e viramos Consequência.

Para ser livre, é preciso aprender a ser Causa. Sintonizar o seu real Eu, e para isso, deve dominar seus medos e sonhos, traumas e esperanças, pulsos animais, genéticos e ‘espirituais’.

É preciso dominar suas tendências familiares, culturais e religiosas.

É preciso enxergar a si mesmo com honestidade. “De onde veio essa sensação? Seria inveja?”, “Por que estou com medo?”

Deve entender que tudo isso se trata de interpretações dentro de você, não fatos no mundo externo. Nesse ponto deve ser nítido, mesmo para a mínima inteligência, que o que existe é a interpretação pessoal, de resto há só “átomos” – frequências e padrões básicos e repetidos como já estudamos.

Nós os sintonizamos, e nossa consciência os traduz diante do usual, – de nossos padrões. Um budista que nunca ouviu falar de nossa senhora não poderia sonhar com ela. Se acontecesse nem saberia, não seria real, não teria valor, nem se lembraria, então como existiria? E vice-versa. Só existe o que você sintoniza e permite ser real. Aquilo que é capaz de traduzir.

Você pode sintonizar raiva e ser consequência disso, ou perceber esse fato e se reposicionar; ser Causa do seus momentos.

Cadastre-se para entender melhor e tirar dúvidas em nossas reuniões presenciais e online.

 

Vamos ajudar

 

 

 

 

 

 

Compartilhe a Verdade:


47
Deixe um comentário

Please Login to comment
39 Comment threads
8 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
39 Comment authors
RanierValdecir KalinkeConrado Guimaraes CruzRômulo Matheus LinsPedro Sora Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Douglas Ceron
Editor

COMO EXISTEM SERES NESTA ERA QUE AINDA CONSEGUEM NÃO COMPREENDER O CORPO DA COERÊNCIA COM TUDO ISSO QUE MOSTRAMOS AQUI?

Victória
Membro

Como é incrível os posts que chegam na hora certa. Simetria é maravilhosa, damos graças por toda conhecimento que liberta. Fazer parte dessa conexão é se sentir em casa 💜🙏🏽
Luz pra nós!

Arlete Lima
Membro
Arlete Lima

Excelente! Já até acostumei de boa com a voz do nosso amigo aí 😜. Baixando todos…

Miryam Yoshiko
Admin

Haha vamos sentir saudades quando ficarmos um tempo sem ouví-lo 😂

Igor santos
Membro

Magnifico✨

Jonathan Muniz
Admin
Jonathan Muniz

Sensacional!

Membro

Magnífico conhecimento!

Membro
Emeleanenko

Luz para nós!

Douglas Ceron
Editor

Luz!

Pedro Sora
Editor

luz pra nos

Leandro Quantum Oliveira.
Admin

Luz p’ra nós

Josimar Lima
Editor

Perfeito Isso grato por encontrar a verdade!

Rafael Isaac Franchini
Membro
Rafael Isaac Franchini

Como se fosse um espelho, me refletiu o quanto preciso trabalhar encima do meu próprio ego ainda, para de fato evoluir, ser consequência e não mais escravo das sensações . Gratidão! Tema muito bom de estudar.

Sayler Céfas
Membro

A única coisa real é o ser q interpreta! !

Estamos sempre interpretando a nós mesmos
Interagindo com camadas vibracionais relativas do mesmo ser!

Somos a síntese e juntos somos a conciencia UNO
Que responde todas as perguntas
E plasma a felicidade!

Visitante
Andrey Vasilev

Belo artigo! A vida é como um dedo direcionado pra lua sem focar no dedo mas na luz que direciona. Dominar nossas vontades e desejos não é uma tarefa fácil, nem controlar nossas sensações internas, influentes pelo mundo externo. Com estes ensinamentos podemos ter mais domínio e controle de nossos reinos internos e plasmar a verdade que quisermos neste teatro corrompido que nos cerceia saber quem somos. Gratidão, Rogério!

Admin bar avatar
Editor

Post magnífico ! Muito rico.

Jhonatan G
Membro
Jhonatan G

Quando fico na dúvida entre um caminho e outro tendo a escolher aquele que me leva a superar mais uma amarra que me mantém escravo do Ego.
Este artigo soube explicitar lindamente e de maneira simples como funciona esse tabuleiro de sensações e desdobramentos.
Rogério, grato por traze-lo a nós.

Israel Naves
Membro
Israel Naves

Esse é o corpo da simetria, o caminho simétrico e coerente, o único caminho possível da fagulha de luz, não dava pra ser de outra forma, deve ser por isso que Cristo disse que ele era o único caminho. Não dava pra rasgar o escuro de outro jeito. Luz pra nós!

Thiago Galhas
Membro

Caramba, não tinha comentado esse também… tava boiando rs. Post sublime!
Gratidão. Luz p’ra nós!

Arthur Luighe
Membro
Arthur Luighe

Esses conteúdos do site estão muito bons. Bem mais intererativo agora e passo mais tempo nele. LUZ P’RA NÓS

Bruno Mesquita
Membro
Bruno Mesquita

Ótimo👏

Gustavo Gonçalves
Membro
Gustavo Gonçalves

luz pra nos

Admin bar avatar
Membro
Richard Maquiavel

Luz p’ra nós!

Admin bar avatar
Membro
Henrique Barboza Vaz

Estão maravilhosos estes posts com extrações do livro. Luz pra nós!

Deborah Hgg
Membro

Sem palavras pra descrever o que senti lendo esse trabalho divino. Apenas obrigada por traduzir tão bem a Verdade em palavras. Luz pra nós!

Camila Ribeiro
Membro

Eu particularmente adoro acompanhar a leituras de seus posts com os audios , gratidão mestre e luz pra nós!

Fábio souza
Membro
Fábio souza

Trabalho Fabuloso e Resumido!
Salve essas forças. Luz pra nós

Matheus Reis Carmesini
Membro
Matheus Reis Carmesini

luz pra nos

Rômulo Matheus Lins
Membro
Rômulo Matheus Lins

Luz p’ra nos! 🙏🙏

Conrado Guimaraes Cruz
Membro

Muito bom mesmo! Realmente essa é o desafio! conhecer a si mesmo! a luz mergulhando no escuro para se encontrar!
Gratidao mestre ! luz p´ra nós

Miryam Yoshiko
Admin

Linda matéria. Desperdício de quem não tem acesso a esse maravilhoso conhecimento

Jonathan Muniz
Admin
Jonathan Muniz

Verdade que bom seria

Jucemar Mello
Membro
Jucemar Mello

O que teremos ainda que queimar para chegarmos lá nesse estágio de conhecimento e discernimento?

Romário Vieira
Membro
Romário Vieira

Tudo é mental, nós criamos nossa realidade seja ela consciente ou inconsciente.
Luz pra nós!

Miryam Yoshiko
Admin

Antes achava esse post muito belo, e as informações enigmáticas. Mas hoje já compreendo bem melhor e isso o torna ainda mais valioso, tenho vontade de voltar mais tarde para constatar que já absorvi completamente, sendo esse Deus que domina suas sensações e é dono de sua realidade, claro, sem deixar que fique estático e sempre aprendendo mais.
Luz pra nós! ✨

Márcio Henrique
Membro

Luz pra nós!

Aurélio 🇧🇷 ❄
Membro
Aurélio 🇧🇷 ❄

Luz p’ra nós! Dominando a si mesmo. Isso é tudo. Lux Heil!

Diosane Fortunato
Membro
Diosane Fortunato

Aquele post que chega quando você ta sintonizando na frequência desejada, bom demais ouvir, absorver e entender!! Luz pra nós

Catarina Melo
Editor

Luz pra nós!!!

(Alleyn)
Membro

Post digno de ser lido mutas vezes para ser assimilado e lembrado! Gratidão. Luz p’ra nós!

Pedro Sora
Editor

1001
confirmou

Valdecir Kalinke Junior
Membro

Excelente Podcast mestre!!

Luz p’ra nos!!

Ranier
Membro
Ranier

Luz pra nós 🍎