dom. maio 16th, 2021

Família Dallagnol acusada de fraude milionária com terras: R$ 37 milhões

Compartilhe a Verdade!

Compartilhe a Verdade:


 

 

De Brasil 247

 

 

O Incra abriu um procedimento para investigar irregularidades na desapropriação dos imóveis em Nova Bandeirantes (MT), em região de floresta na Amazônia Legal; entre os beneficiários estão pelo menos 14 parentes de Deltan Dallagnol; a família dele recebeu R$ 36,9 milhões em dezembro de 2016 com a desapropriação de pelo menos 37 mil hectares na cidade.

 

 

O Conselho Diretor do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) abriu em maio um procedimento para investigar irregularidades na desapropriação dos imóveis que constituem a Fazenda Japuranã, em Nova Bandeirantes (MT), em região de floresta na Amazônia Legal. Entre os beneficiários da megadesapropriação estão pelo menos 14 parentes de Deltan Dallagnol, coordenador da Operação Lava Jato em Curitiba. Entre eles o pai do procurador da República, o ex-procurador Agenor Dallagnol. Somente a família de Deltan recebeu R$ 36,9 milhões em dezembro de 2016, durante o governo Temer, diante da desapropriação de pelo menos 37 mil hectares no município, no noroeste do Mato Grosso.

 

O presidente do conselho e do Incra, general João Carlos de Jesus Corrêa, definiu no dia 10 de maio, em uma resolução, o bloqueio dos bens depositados e apontou “indícios de irregularidades nos atos praticados por servidores públicos”. A decisão envolve uma área exata de 36.792 hectares, declarados de interesse social para fins de reforma agrária, ainda em 2013, e uma indenização total de R$ 41 milhões. A reportagem identificou que a maior parte desse valor foi destinada à família Dallagnol. Em uma das ações, capitaneada por uma tia do procurador, aparecem os 14 membros da família e outros fazendeiros da região interessados no desmembramento de suas terras.

 

Um estudo da Unicamp mostra que o clã chegou a ter 400 mil hectares somente naquele município, ocupado nos anos 80. Outras reportagens informam como esse processo está relacionado ao desmatamento, entre outras irregularidades protagonizadas ou defendidas pelo clã – uma família recheada de advogados e procuradores. Um resumo inicial foi publicado pelo observatório em edição da revista CartaCapital.

Compartilhe a Verdade:


5 1 vote
Article Rating

Compartilhe a Verdade!

Entre com:





Subscribe
Notify of
10 Comentários
Most Voted
Newest Oldest
Inline Feedbacks
View all comments
Gustavo Borba
05/09/2020 9:36 pm

E não é de hoje que vem ocorrendo essa fraude… Luz p’ra nós!

Leonardo Moreira
Reply to  Gustavo Borba
06/09/2020 9:46 am

Com certeza são os verdadeiros culpados.
Ou fazem parte dos corruptos do país.
Luz P’ra Nós!

Williams Rodriguez
05/09/2020 3:59 pm

Luz pra nós!

Silvia Cristina Rodrigues
05/09/2020 5:01 pm

Luz p’ra nós!

Maria Fernanda
05/09/2020 6:05 pm

Grata pelo post! Luz p’ra nós!

Márcio Henrique
05/09/2020 11:52 pm

A casa ta caindo para eles.
Luz pra nós!

Jonathan Muniz
05/09/2020 11:59 pm

Luz p’ra nós!

Leonardo Moreira
06/09/2020 9:45 am

Luz P’ra Nós!

Bruna Sollara
06/09/2020 11:34 pm

Revoltante
Luz p’ra nós!

Gustavo Kraemer
07/09/2020 11:56 am

Grato pelo post
Luz p´ra nós!

error

Seja caminho para a Verdade

10
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Pular para a barra de ferramentas