qui. fev 25th, 2021

Músicas nacionais que marcaram os anos 70

Compartilhe a Verdade!

Compartilhe a Verdade:


Músicas nacionais que marcaram os anos 70

A Música Popular Brasileira (MPB) teve um grande reconhecimento e destaque nos anos 70.
Confira a seleção de músicas que retratam a resistência política e social vivenciada pelos artistas durante este período:

Sangue Latino – Secos & Molhados

Lançada em 1973 e escrita por João Ricardo e Paulinho Mendonça, a canção de Secos & Molhados fez parte do álbum de estreia da banda. A composição de Sangue Latino alude à liberdade e a condição latino-americana de existência, visível nos seguinte trechos:

Rompi tratados
Traí os ritos
Quebrei a lança
Lancei no espaço
Um grito, um desabafo

E o que me importa é não estar vencido
Minha vida, meus mortos, meus caminhos tortos,
Meu sangue latino, minha alma cativa

A performance do grupo também é marcante e atemporal. Além de Sangue Latino, que foi considerada pela revista Rolling Stone como uma das maiores músicas brasileiras de todos os tempos, hits como O Vira também tornaram-se uma das mais tocadas nos anos 70.

Nine out of Ten – Caetano Veloso

Expoente do MPB, Caetano Veloso é uma das figuras mais emblemáticas do cenário musical brasileiro. A década dos anos 70, em especial, foi marcante para o artista e para todo o movimento que viria a ser reconhecido como Tropicalismo.

Além de singles comoSampa – uma homenagem à cidade de São Paulo, canções como a do álbum Transa, lançado em 1972, também devem ser mencionadas. Exilado em Londres, o álbum foi gravado no local e lançado em território brasileiro quando o artista retornou para o Brasil.

A cançãoNine out of Ten, composta em inglês, fala sobre os “anos de ouro” e o sentimento de, enfim, se sentir livre e vivo, “muito vivo”, nas palavras de Caetano.

Apenas Um Rapaz Latino Americano – Belchior

Composta para o álbumAlucinação (1976), a faixa é reconhecida como uma das mais populares de Belchior. A canção foi escrita durante a Ditadura Militar e traduz o sentimento do povo brasileiro e principalmente da classe artista, que era constantemente censurada e vista como oposição ao sistema vigente durante esse período.

Confira as estrofes da letra que retratam a vivência de Belchior durante o regime:

Eu sou apenas um rapaz latino-americano
Sem dinheiro no banco sem parentes importantes
E vindo do interior

Mas sei que tudo é proibido
Aliás, eu queria dizer
Que tudo é permitido até beijar você no escuro do cinema
Quando ninguém nos vê

Não me peça que eu lhe faça uma canção como se deve
Correta, branca, suave, muito limpa, muito leve
Sons, palavras, são navalhas
E eu não posso cantar como convém
Sem querer ferir ninguém

Mas não se preocupe meu amigo
Com os horrores que eu lhe digo
Isso é somente uma canção
A vida realmente é diferente
Quer dizer
Ao vivo é muito pior.

Cálice – Chico Buarque & Milton Nascimento

A canção escrita por Chico Buarque e Gilberto Gil em 1973 marcou história no cenário musical brasileiro. Por meio de críticas e metáforas, a letra é, até, hoje, considerada uma das principais referências quando debatemos sobre o regime militar no Brasil. Ela, inclusive, foi censurada em seu lançamento inicial. Leia um dos trechos da canção:

Como beber dessa bebida amarga?
Tragar a dor, engolir a labuta?
Mesmo calada a boca, resta o peito
Silêncio na cidade não se escuta
De que me vale ser filho da santa?
Melhor seria ser filho da outra
Outra realidade menos morta
Tanta mentira, tanta força bruta

Pai, afasta de mim esse cálice
Pai, afasta de mim esse cálice
Pai, afasta de mim esse cálice
De vinho tinto de sangue

Como é difícil acordar calado
Se na calada da noite eu me dano
Quero lançar um grito desumano
Que é uma maneira de ser escutado
Esse silêncio todo me atordoa
Atordoado eu permaneço atento
Na arquibancada pra a qualquer momento
Ver emergir o monstro da lagoa

O Cálice, aqui, vai bem além de seu sentido literal. Interpretando através de seu contexto histórico e social, percebemos que a palavra cálice foi usada como sinônimo paracale-se (representando a censura presente na década anterior). A letra denuncia o silêncio e o ato de se calar perante muitas das injustiças que o povo brasileiro vivenciou nesse período. A palavra, em sentido figurado, também pode ser lida como “sofrimento moral e humilhação”. Escute a música:

Sociedade Alternativa — Raul Seixas

hit Sociedade Alternativa fez parte do álbum Gita de Raul Seixas, lançado em 1974. Expressando ideais filosóficos e que tangem à liberdade, podemos perceber, em sua composição, inspiração de bases teóricas de autores como Aleister Crowley. Confira um trecho:

Se eu quero e você quer
Tomar banho de chapéu
Ou esperar Papai Noel
Ou discutir Carlos Gardel
Então vá
Faça o que tu queres pois é tudo da lei
Da lei
Viva! Viva!
Viva a sociedade alternativa! (faz o que tu queres, há de ser tudo da lei)
Viva, viva
Viva a sociedade alternativa! (todo homem, toda mulher, é uma estrela)
Viva, viva!

Panis et Circencis- Os Mutantes

A música Panis Et Circenses é de autoria de Caetano Veloso e Gilberto Gil e foi interpretada pela banda em um arranjo de rock psicodélico, marcando o álbum de estreia dos Mutantes. Confira um dos trechos da letra:

Eu quis cantar minha canção iluminada de sol
Soltei os panos sobre os mastros no ar
Soltei os tigres e os leões nos quintais
Mas as pessoas na sala de jantar
São ocupadas em nascer e morrer

Mandei fazer de puro aço luminoso um punhal
Para matar o meu amor e matei
Às cinco horas na avenida central
Mas as pessoas da sala de jantar
São ocupadas em nascer e morrer

Lançada durante a ditadura militar no Brasil, a letra é  interpretada de maneira crítica, onde panis et circenses pode ser traduzida como o velho e conhecido pão e circo. A política é caracterizada por atos populistas, como os vivenciados durante a República Romana onde eram realizados eventos e espetáculos em troca do silêncio e do voto do povo. Ali, não havia liberdade para escolher seus representantes. Escute a música:

No contexto brasileiro, além da crítica ao regime militar, a canção também é interpretada como um grito às mudanças e valores culturais e estéticos, que, naquele momento, estavam sendo vivenciados de modo intenso pela juventude.

Fonte: SoltaoDisco

Luz p’ra Nós

 

Portais
 Fortaleça no merch.
escoladelucifer.com.br
unebrasil.org
unebrasil.com.br
unebrasil/livrolucifer
querovencer.unebrasil.com.br
congressodigital.unebrasil.com.br

Compartilhe a Verdade:


0 0 vote
Article Rating

Compartilhe a Verdade!

Entre com:




Subscribe
Notify of
12 Comentários
Most Voted
Newest Oldest
Inline Feedbacks
View all comments
Williams Rodriguez
22/02/2021 1:15 am

Luz pra nós!

Priscila Ferreira dos Santos
22/02/2021 10:20 am

Muita música boa! Secos e Molhados marcou muito a infância. Luz pra nós

Fernando
22/02/2021 12:03 pm

Luz p’ra nós

Lucas Schwarzbold
Editor
22/02/2021 1:45 pm

Luz pra nós 🙏

Beatriz Belato
22/02/2021 4:03 pm

Dahora !

Bruna Sollara
22/02/2021 4:32 pm

Ótima lista
Luz p’ra nós!

Luan Pereira
22/02/2021 9:22 pm

Luz pra nós!

Gustavo Borba
22/02/2021 9:50 pm

Luz p’ra nós!

Silvia Cristina Rodrigues
22/02/2021 10:26 pm

Achados que marcaram épocas, letras incríveis!! Luz p’ra Nós ✨

Admin bar avatar
22/02/2021 11:39 pm

Amo, amo, amo Luz pra nós!

Daniela Cristina
Editor
23/02/2021 11:39 am

Gratidão pelas informações e músicas! Vou escuta-las <3

Diego Costa
24/02/2021 9:21 am

Raul, mutantes, Caetano, só música top que marcaram uma geração

error

Seja caminho para a Verdade

12
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Pular para a barra de ferramentas