Na ONU, Brasil vota contra investigação de crimes de Israel e quebra tradição diplomática

Compartilhe a Verdade!

Compartilhe a Verdade:


Na ONU, Brasil vota contra investigação de crimes de Israel e quebra tradição diplomática

Uma semana após ser favorável ao embargo de Cuba, o Brasil votou nesta sexta-feira, 15, nas Nações Unidas, contra uma resolução que pedia investigações sobre possíveis abusos de direitos humanos por parte de Israel contra o povo palestino. A resolução foi aprovada com 82 países dando seu apoio

Ministro de Estado das Relações Exteriores, Ernesto Araújo e Jair Bolsonaro
Ministro de Estado das Relações Exteriores, Ernesto Araújo e Jair Bolsonaro (Foto: Marcos Corrêa/PR)

.

Brasil247 – O Brasil votou nesta sexta-feira, 15, nas Nações Unidas, contra uma resolução que pedia investigações sobre possíveis abusos de direitos humanos por parte de Israel contra o povo palestino. A resolução foi aprovada com 82 países dando seu apoio. 78 países se abstiveram. Nesta sexta-feira, o 4o Comitê da ONU considerou um total de oito resoluções contra Israel.

Segundo o jornalista Jamil Chade, correspondente do UOL, o voto contrário confirma a aliança do governo de Jair Bolsonaro com Tel Aviv, numa mudança fundamental da política externa brasileira.

O Brasil foi um dos onze países que votou contra uma resolução que pedia investigações sobre possíveis abusos de direitos humanos por parte de Israel contra o povo palestino. A resolução foi aprovada com 82 países dando seu apoio. 78 países se abstiveram.

“O governo de Jair Bolsonaro ainda se absteve em uma resolução que condenava os assentamentos israelenses em partes de Jerusalém, no território palestino e nas colinas de Golã. Apenas 15 países seguiram a mesma posição do Brasil e a resolução acabou sendo aprovada com 156 votos a favor”, diz o jornalista Jamil Chade.

No última semana, nada menos que 187 países votaram contra o embargo dos Estados Unidos contra Cuba e só três países votaram a favor: EUA, Israel e Brasil, o que mostra que o Itamaraty atua como sucursal do Departamento de Estado norte-americano. “Nódoa indelével na nossa credibilidade”, diz o ex-chanceler Celso Amorim.

Compartilhe a Verdade:


0 0 vote
Article Rating

Compartilhe a Verdade!

Sayler Céfas

Viva ao Rei Viva ao verbo Viva ao portador da Luz

Entre com:




Subscribe
Notify of
4 Comentários
Most Voted
Newest Oldest
Inline Feedbacks
View all comments
Raquel Broll
22/11/2019 4:56 pm

Pelo jeito a maioria dos países estão vendo e se posicionando a favor da justiça, menos o lixo do Bolso bosta

Michelly
Admin
23/11/2019 2:21 pm

Gratidão irmão, Luz pra nós

Matheus
25/11/2019 8:01 am

Luz p’ra nós

Next Post

Podcast + vídeo: A importância dos 144 mil

sex nov 22 , 2019
Compartilhe a Verdade!Compartilhe a Verdade:Salve EDL; Tentei explicar algo importante sobre os 144 mil. No youtube tomaria strike.   Ouça mais de uma vez se não compreender o ponto binário lincando com o quântico através deles. Por favor, ajudem no merch. Interajam com o site, anúncios, etc. Ontem foi horrível […]

Siga-nos os bons

Ative o Sininho

Clique Aqui

Quem está online

Jurema Ramos de Abreu
Ronaldo Vieira
Shirley 666

Você:

Teus Téritos bônus

0 Téritos
error

Seja caminho para a Verdade

4
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Pular para a barra de ferramentas