Poções do Reino Vegetal

16
Compartilhe a Verdade!

Compartilhe a Verdade:


“Desde sempre homens misturam elementos e sabedoria para criar maravilhas. Hoje chamam de baterias, energia elétrica, cientista. Antes chamavam de runas, espírito, magos. Mais uma vez vamos que tudo é uma coisa só, e o que muda é sempre a perspectiva.”

A palavra poção vem do latim “potionis”, que significa “bebidas”; no entanto, com a mescla de culturas, este termo passou a abranger qualquer tipo de preparado mágico, líquido ou não.

Diversas poções são citadas em muitos grimórios, e mesmo na Bíblia. Em uma linguagem mais contemporânea, é comum vermos em jogos, filmes e desenhos poções que incrementam vitalidade, força e poder. Nesse caso falamos das poções próprias para a ingestão, onde seus atributos químicos e energéticos são explorados para atingir o efeito desejado.

“O homem encontra seu equilíbrio nas quatro dimensões da natureza: físico, emocional, intelectual e espiritual”.

A natureza cura – Da onde tudo vem e pra onde tudo volta

As bases das poções vem dos Reinos abaixo, e o corpo da poção em si é a concentração, transformação e equalização dos elementos. O alinhamento com esse fluxo natural vem do processo de movimento e reciclagem envolvendo a Flora dos quatro elementos: Ar, Água, Fogo e Terra.

Instinto animal – Observações que trouxeram aprendizados

Quem já viu um cachorro comendo capim? Mesmo os irracionais recorrem as plantas por questão de sobrevivência. As ervas e plantas, vegetais em geral, que nos agregam diversos elementos e propriedades ao corpo, que de acordo com a química alteram nossas síntese frequencial, chegando a níveis de curas, expanções conscienciais. Assim o reino vegetal age adicionanando a nosso corpo atomos capazes de reorganizar e modular nosso organismo.

Da mesma forma, observando os animais, o ser humano aprendeu sobre alimentos, remédios e venenos, e por repetição, tentativa e erro, pôde se apropriar desta sabedoria.

Magia e ciência

O advento da ciência Exotérica (sabedoria sobre o mundo externo) como algo separado da sabedoria Esotérica (sabedoria sobre o mundo interno) permitiu que cada uma das duas fossem aprimoradas em separado, e a ciência pôde trazer para seu campo de estudo muito do conhecimento milenar que havia sido compilado por diversas culturas. As Etnociências passaram a buscar a absorção do conhecimento popular, estruturando em sua própria linguagem o que já vinha sendo considerado pelos Antigos, e entendendo em seu próprio arcabouço os princípios por trás de cada fato.

De qualquer forma, o foco em resultados independe dos métodos serem compreendidos de forma Exotérica ou Esotérica. O que funciona pode ser utilizado, e neste sentido a utilidade das poções se desdobra em miríades de aplicações nos Planos Material, Energético e Sutil (incluindo Planos Espirituais).

Sobre o preparo de uma poção

No caso das poções, além dos estudos sobre o uso de cada ingrediente e sobre os mitos relacionados a cada elemento, a anamnese pode prover informações valiosas para auxiliar na escolha das matérias-primas e no preparo do produto. A meditação sobre cada ingrediente, sentindo-se suas energias e visualizando-se sua impressão no campo etérico, pode indicar os usos mais adequados ou mesmo a preferência entre mais de uma opção. Há uma conexão com a ‘mente’ do mineral, vegetal ou animal posto à frente do magista, que permite avaliar suas propriedades no sentido oculto.

Essa ação de sentir as necessidades do momento também pode ser realizada quanto ao paciente ou à situação para a qual a poção se destina, e no caso de um paciente a anamnese no sentido médico também é de grande ajuda. Visualizando-se a situação atual ou a situação desejada, é possível que o magista obtenha informações ou intuição sobre quais ingredientes usar.

Nesse artigo formulei uma lista de ervas das mais comuns, sendo assim, você pode pegar duas ou mais ervas cujas propriedades seja parecidas e misturar em um veículo, fazendo um chá, uma tintura de erva (extrato) ou um xarope.

Veículos

Meio aonde a alquimia acontece. Condutor da energia dos ingredientes.

  • Água: o mais neutro dos veículos, pode ou não ter associações energéticas de acordo com o local, forma ou data da colheita.
  • Óleos: são aplicados quando se pretende usar poções para untar velas, instrumentos ou mesmo a pele, e tem a vantagem de ser melhor absorvido, ao contrário da água, que escorre e evapora com facilidade a depender das circunstâncias. Os óleos são muitas vezes escolhidos de acordo com as funções e correspondências de cada óleo.
  • Álcool: usado no preparo de tinturas, extratos herbais concentrados feitos com plantas desidratadas. Seus usos são diversos e podem ser tanto mágicos como medicinais. Diz-se que o álcool preserva melhor as propriedades magnéticas dos ingredientes, fazendo com que a efetividade das poções dure por mais dias. Preferencialmente é utilizado álcool de cereais, conhaque ou outra bebida alcoólica.
  • Resinas e ceras: resinas de árvores e ceras também podem ser usadas como veículos, devendo ser aquecidas e misturadas já em estado líquido aos ingredientes. Parafina de vela derivada de petróleo também pode ser utilizada, mas produtos naturais como cera de abelhas são preferíveis.

Chás – Normalmente tem a água como veiculo. Fornecem substancias terapeuticas, hidratam, estimulam e desintoxicam, controlam a temperatura do corpo e auxiliam na digestão.

Tinturas e extratos – A tintura é o tratamento de substâncias vegetais em dissolventes que contenham alcool na proporção.

Xaropes – São misturas fortemente adocicadas, feitas com o chá da planta concentrado e fervido com mel ou açucar, em alguns casos utiliza-se oleos.

Saúde de ferro – O caldeirão da bruxa

Durante o cozimento na panela de ferro, o calor faz com que os atomos de ferro se desagreguem, desprendam-se e caiam no preparado que está dentro. Consumimos então uma quantiade maior de ferro, substancia que no organismo, tanto pode previnis como combater doenças, deixando o corpo mais forte.

Reino Vegetal

Os principais ingredientes utilizados na Magia Natural são as ervas e as madeiras, e seu estudo tem sido o foco de muitas gerações de bruxas e herboristas. As substâncias contidas em cada vegetal foram mapeadas e estudadas mais detalhadamente pela alquimia natural, que deu origem à química orgânica, porém sua ação não fica restrita aos fenômenos químicos, e nas poções podem ser aproveitados aspectos energéticos e espirituais.

Dentre os ingredientes utilizados, temos plantas inteiras, raízes, caules, madeiras, flores, frutos, pólen e folhas. Neste campo também serão citados os fungos, que, embora cientificamente façam parte de outro Reino (Fungi), foram historicamente classificados de forma mais próxima aos vegetais, devido a suas características morfológicas.

*Cabe ressaltar que muitos dos ingredientes descritos podem ser tóxicos ou causam efeitos adversos no corpo, portanto não é recomendado que as poções sejam ingeridas, a menos que todos os ingredientes utilizados sejam comestíveis, e sua combinação não gere compostos indesejados.

Lista de plantas e ervas comuns ao coletivo:

Alecrim (yang): Ajuda a liberar os medos, estimulante. Propriedades digestivas, diuréticas, ajuda no tratamento de depressão e ansiedade.

Alcaçuz (yang): Fixa o conhecimento, ajuda na memorizaçao. Muito utilizada no tratamento de problemas respiratórios. Também é antioxidante e tônico.

Alfazema (yin): Tem propriedades relaxantes calmantes, analgesicas e antidepressivas. É uma planta multiuso, antigamente usada para tratar picadas de inseto, cicatrizante. Um tipo de lavanda, pode ser usada como chá, essência e defumador.

Alho (yang): Medicina ancestral, o alho é um tônico poderoso para o corpo, estimula a pressão arterial, reduz o cholesterol, previne doenças cardiacas e também limpa as enhacas do corpo. Uma boa forma de fazer um remédio com o alho é deixar um dente de molho na agua em um copinho de café por um dia, e tomar agua no dia seguinte.

Anis-estrelado (yin): Reduz o estresse físico, muito benéfico a saúde, pois atua diretamente no sangue, ajudando a equilibrar os niveis de açucar. É antibactericida e antifungicida, combate a gripe e previne o envelhecimento precoce das células.

Arruda (yang): Termômetro de ambientes, espanta mau olhado, isso todos sabem. Mas poucos sabem que pode se fazer chá de arruda, e que esse cha tem um efeito poderoso, agindo sob os vasos sanguineos e usado no tratamento de varises, auxilia no tratamento de ulceras, cistos e dores reumaticas e normalização do ciclo menstrual. Tambem é inseticida e vermifugo, combate piolhos, pulgas sarnas e vermes. Mas vai com calma, ouse poucos galhinho e não tome sempre.

Artemisia (yin): Estimula a fertildade, reduz efeitos da tpm e irregularidades menstruais. Erva curativa para o corpo físico, útil para febre e problemas gastrointestinais, popularmente conhecida por seu potencial anticancer. Antigamente comungada como erva poderosa para afastar negatividade e desenvolver o campo psíquico.

Assa-peixe (yang): Trás ânimo, tem uma energia transformadora, indicado para pessoas frias. Fisicamente ela auxilia no tratamento de problemas respiratorios, possui propriedades expectorantes, homeostáticas e diureticas, diminue o inchaço causado pela retençao de líquidos. Não é comum seu uso em chás, pois também é usada para egregoras ambientes pelos espiritualistas.

Açafrão (yang): Trás agilidade, pois melhora a função cerebral, aumenta o fator neurotrófico, responsável pela multiplicação de neuronios e formação de novas ligação de sinapses. Usado no tratamento de Alzheimer e na preveção de doenças por possuir ação anti-inflamatoria e antioxidante, antibactericida e antifungica.

Bamboo (yin): Poucos sabem, mais o bamboo é utilizado na gastronomia e no uso medicinal. É possível destacar nas folhas do bamboo o poder afrodisíaco, antiartrose, anti-helmíntico, estimulante e tônico, alem de aj. A água acumulada nos colmos do bamboo tem propriedades contra venenos em geral, por isso é indicado no tratamento contra afecçoes venenosas. É um remedio antiguissimo cultuado na china.

Boldo do Chile (yang): Trás aterramento, limpeza e equilíbrio. Muito usado no tratamento para o fígado, má digestao, é também um bom remédio para limpar o sangue. É um desintoxicante, antioxidante, estimulante e vermifugo.

Café (yang): Estimulante e energético, as alem disso, pode ajudar a previnir diabetes, diminue o risco de doenças no fígado e é rico em propriedades antioxidants, desacelerando o envelhecimento celular e evitando o crescimento de celulas cancerígenas.

Calêndula (yang): A planta da gratidão, agracia, ação calmante. Propriedades adstringentes, analgesicas, antialergica, regula a menstruação, tônificante e bactericida. Ajuda em tratamentos dermatologicos, é a erva da beleza. Boa para banhos e também chás.

Camomila (yin): Famosa erva da calma, elimina as mágoas. Usada para o tratamento de ansiedade insônia e depressão, mas além disso, a camomila é um poderoso remedio cicatrizantem anti-inflamatório, e também, a inalação de seu vapor a partir do chá de camomila ajuda em problemas com sinusite, inflamação nazal e resfriados.

Canela (yin): Aquece e energiza. Alem disso previne diabetes, controla o colesterol, tem ação antioxidante, anti-inflamatória.

Capim cidreia (yin): Bom para quem tem insônia e desordem nos sonhos. Ela é relaxante, calmante e analgésica. Tônica e estimulante sobre o aparelho digestivo, indicado para dores abdominais e cólicas intestinais, tosse e dores de cabeça.

Carqueja (yang): Planta que toda vó curandeira tem em casa! Planta medicinal completa para sua saúde, porem é bem amarga. Atua contra doenças do coração, trás tolerância. Suas propriedades são inumeras, antianêmica, tônica, laxante, antiasmatica, antibiótica, antigripal, antireumatica, digestiva, vermifoga. Alem de fazer bem pro fígado.

Chapeu de couro(yin): Acalma e melhora o humor. Tem ação diuretica, sendo assim elimina líquidos do corpo e é anti-inflamatório e aintireumatico, fazendo bem pro rim, que na mtc é um dos orgãos mais importantes. Ajuda também na cura de feridas.

Cravo da Índia (yang): Estimula a concentração, acelera o metabolismo. Tem propridades antifungicas, antibactericidas, antioxidants, analgesicas e anti-inflamatórias. Tem ação sobre a circulação sanguínea, ajuda a purificar o sangue e consequentemente melhorar o sistema imunológico.

Coentro (yin): Desintoxica os rins, fígado e o sistema digestivo. Reduz a pressão arterial, é indicado pela fitoterapia para tratar problemas cardiovasculares.

Cominho (yang): Estimulante, fortalece o sistema imunológico, por ser rico em vitamina b e zinco. Melhora a digestão e reduz o inchaço abdominal.

Comigo ninguém pode (yang): O proprio nome já diz, é uma planta aparentemente inofensiva, porem perigosa por ser venenosa, e por isso dizem que espanta as energias negativas.

Eucalipto (yang): Equilíbra as funções renais, equilíbra os pulsos animais pois o aroma trás uma sensação de aterramento e o espírito da mãe natureza. Popularmente conhecidapor ajudar a combater infecções respiratórias, devido suas propriedades expectorantes e antimicrobiana. A inalação das folhas a partir do chá de eucalipto faz muito bem as narinas, e o chá também faz bem ao corpo, porem em pouca quantidade.

Erva baleeira (yin): Popularizada recentemente pela fitoterapia, o chá dessa erva é otimo para colica. É anti-inflamatorio, antisséptico e um otimo cicatrizante, usada a milenios. Tambem age do campo emocional, desbloqueando sentimentos.

Erva doce (yang): Induz a sonolência, diminue a ansiedade. Comumente usada para gastrite, inchaço abdominal, má digestão, gases e dor de cabeça, pois tem propriedades analgesicas e anti-inflamatórias.

Espada de São Jorge (yang): Remove energias negativas do ambiente e purifica o ar, absorvem dioxide de carbono e liberam oxigenio através do processo de fotosintese, também absorvem banzeto e formaldeído, prejudiciais a saúde humana.

Espinheira Santa (yang): Desintoxica o campo energetico do sangue, purifica os sentimentos. Usada no tratamento de gastrite, dyspepsia, ulceras e indigestão e problemas no fígado.

Gengibre (yang): Aumenta a vitalidade e o campo emocional. Ação ainti-inflamatoria, bactericida e desintoxicante, melhora o desempenho do sistme digestive, respiratório e circulatório. Reconhecido como um alimento termogênico, pois aclera o metabolismo e facilita a queima de gordura.

Guaco (yang): Purifica o campo emocional. É também um ótimo expectorante, muito usado em problemas respiratórios e infecçoes em geral.

Hibisco (yang): Emilina a gula, diminue a pressao arterial, colesterol e ajuda a perder peso, pois diminue a retenção de liquid, sendo assim tem efeiro diuretico.

Hortelã (yin): gera efeito analgesico e refrescante, reduz o estresse, gera vitalidade energetica. Ajuda a aliviar a febre

Insulina vegetal (yang): Estimulante da visão, tanto física quanto mentel, desbloqueia canais energeticos, torna a pessoa mais ativa, ajuda a controlar a diabetes.

Jasmim (yin): Gera pureza nos pensamentos, limpeza nas emoções. Tem efeito relaxante, emoliente e revigorante, ótimo pra fazer chás e tomar um banho de jasmim também.

Maça (yang): Elimina o medo da morte, a falsidade de sentimentos, gera bem estar.

Malva (yang): Limpa as miasmas que causam dor e desconforto fisico. Usada a milenios pelos curandeiros por suas propriedades medicinais. Contem muitas vitaminas, A, B, C, E, calico, magnesio, zinco, potassio… Ela trata inflamaçoes no sistema urinario, digestivo e respiratorio. Aumenta a capacidade de cicatrizaçao e tem efeito analgesico, capaz de estimulas o sistema imunológico. É uma planta muito poderosa.

Manjericao (yang): Estimula e energia mental, ajuda a perceber as coisas a volta. Altamente nutritivo, fonte de minerais como zinco e calico, magnesio, ferro e potassio. O manjericão tem efeito anti-bactericida, anti-oxidante, é otimo para a pele e para a memória.

Melissa (yang): Trás a consciência da infancia para melhor entender o presente. Ajuda no tratamento de insônia, acalma os nervos. Tem propriedades analgesicas e relaxantes, alivia dor muscular.

Oregano (yin): Erva de aterramento, ajuda no equilibrio, criar raizes. Possui diversos beneficios para a saude devido suas propriedades antioxidants, antimicrobianas e anti-inflamatorias, ajudando assim a previnir doenças.

Olho de cabra (yang): É usado como amuleto por tradições antigas, o olho de cabra é uma semente com uma egregora forte de proteção. Na umbanda é utilizada em forma de guia representando pontos do trabalho espiritual, relacionada ao Exu e aos Caboclos.

Pimenteira (yang): A pimenteira é boa para remover energias pesadas do ambiente, quando a Torus está pesada, é comum o pé de pimentira murchar. Alem de ser ótimo ter uma pimenteira em caa para fazer seu uso culinario, tendo muitas vitaminas e diversos beneficios a saúde.

Salvia (yang): Estimula o ponto lógico, a ser criativo e dinamico. É também um ótimo para o sistema cardiovascular e nervoso.

Sete-sangrias (yin): Desobistrui as vias aéreas, sedativo contra dores de cabeça, limpa a mente de ansiedade.

Stevia (yin): Em casos de vitiligo, promove vitalidade energetica. É uma planta doce, usada como adoçante natural, ajuda no tratamento de diabetes.

Tabaco (yang): Trás aterramento e conexao com os espiritos da floresta, cultualmente o uso do tabaco natural é feito atraves do cachimbo. Ele ajuda a limpar pensamentos e sentimentos toxicos e trás um contato espiritual muito forte.

Tomilho (yang): Ativa a glandula tireoide, ajuda a organizar de forma lógica, melhora a comunicação e aumenta o entendimento.

Unha de Gato (yang): Ajuda nas transformações, a observar os momentos. Estimula o sistema imunológico, diminue a pressão arterial, alem de ser analgesica e depurativa.

Valeriana (yin): Neutraliza emoções densas, limpa o corpo emocional. Poderoso calmando, usado no tratamento de ansiedade hiperatividade e insônia, alem de ser otimo para tratar colicas em geral.

Faça você mesmo – alguma das ervas ai citadas se encaixa em sua necessidade? Então faça você mesmo uma alquimia, misture algumas ervas que tenham propriedades parecidas e deixe curar em algum dos veículos citados.

Gratidão pela atenção, espero que tenha ajudado em algo.

Luz p’ra nós!

Compartilhe a Verdade:


0 0 vote
Article Rating

Compartilhe a Verdade!

Catarina Melo

Entre com:




Subscribe
Notify of
16 Comentários
Most Voted
Newest Oldest
Inline Feedbacks
View all comments
Edson Junior
14/05/2020 7:14 pm

Demais.
Luz pra nós!

Lucas Schwarzbold
Editor
14/05/2020 7:24 pm

Luz pra nós

Rayana Urania
14/05/2020 9:41 pm

Maravilhoso!! Luz pra nós!

Fábio souza
14/05/2020 9:45 pm

luz pra nós♥

14/05/2020 10:27 pm

muito interessante todas essas informações! Sempre comungo com as as ervas e adoro tomar chás com mel, é o meu ritual diário 😊 Luz p’ra Nós 🍎

Luiz Cláudio
14/05/2020 10:29 pm

Luz p’ra nós!

Jeferson Vinicio
15/05/2020 12:05 am

Muito bom, vou até salvar o link para reever, Gratidão, Luz p’ra nós

MariaFe
15/05/2020 12:06 am

Luz p’ra nós! amo essas alquimias <3

Admin bar avatar
15/05/2020 7:34 am

Luz p’ra nós!

Márcio Henrique
15/05/2020 12:02 pm

Luz pra nós!

Gustavo Kraemer
Editor
15/05/2020 1:52 pm

vlw!
Luz pra nós!

Camila Ribeiro
15/05/2020 2:20 pm

Luz pra nós!

Ana Paula
15/05/2020 5:35 pm

Gratidão. Luz p’ra nós!

Tommi
16/05/2020 3:16 am

Luz p’ra nós!

Devan Lima
16/05/2020 9:44 am

Conhecimento muito Rico, Essas Ervas sao poderosas !! Luz p’ra nós!

Pietro Fernandes Gonçalves
17/05/2020 9:02 pm

Perfeitoo,gratidão sz

Next Post

Escola de Lucifer e as crianças índigo

qui maio 14 , 2020
Compartilhe a Verdade!Compartilhe a Verdade:     Escola de lucifer e as crianças índigo     Andam dizendo por aí, que desde 1970 estão nascendo crianças especiais, muito especiais mesmo, que encarnaram para ajudar na instauração da Nova Ordem Mundial. Coisas estranhas andam acontecendo nos arredores do mundo, e grande […]

Siga-nos os bons

Ative o Sininho

Clique Aqui

Quem está online

João Judá Oliveira Pereira
Cássia Casanova
Pedro Gontijo
Victor Hugo B. de Melo
Camila Ribeiro
Jeferson Vinicio

Você:

Teus Téritos bônus

0 Téritos

Selo

300 Téritos

People who have earned this:

  • Admin bar avatar
  • Admin bar avatar
  • Admin bar avatar
error

Seja caminho para a Verdade

16
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Pular para a barra de ferramentas