sáb. abr 17th, 2021

Roger Waters: ‘Os direitos humanos se estendem aos palestinos?’

Compartilhe a Verdade!

Compartilhe a Verdade:


Em Montevidéu, Waters falou sobre a importância da solidariedade internacional com a Palestina.

Roger Waters, fundador e baixista da lendária banda Pink Floyd, repreendeu os governos do mundo por falharem na defesa dos direitos humanos dos palestinos na sexta-feira em Montevidéu, no Uruguai, antes do show de sábado.

“Os direitos humanos se estendem aos povos indígenas da Palestina?” Waters perguntou retoricamente. “Aparentemente, não. Eles não têm direitos e o resto do mundo não está fazendo nada para corrigir essa terrível farsa e o erro da justiça internacional”, ele respondeu.

Waters também pediu às pessoas “as únicas que podem persuadir seus governos” a se organizar em defesa dos direitos humanos dos palestinos.

Uma palestra intitulada “A Palestina e os Direitos Humanos Hoje”, organizada pela Coordenação da Palestina, reuniu artistas, políticos, ativistas, estudantes e sindicalistas.

Durante a palestra, Waters explicou seu caminho para se tornar um ativista de solidariedade internacional, particularmente engajado na luta para acabar com a ocupação israelense da Palestina.

Water disse à multidão que seu primeiro encontro com o movimento Boicote, Desinvestimento e Sanções (BDS) ocorreu em 2005 ou 2006, quando se apresentou em Israel. “Eles me disseram que preferiam que eu não tocasse lá porque servia para branquear a ocupação”, então ele cancelou seu show em Tel Aviv, tocando em uma comunidade ecumênica de agricultores.

Depois do concerto, ele visitou os campos de refugiados da ocupação e testemunhou o sofrimento do povo palestino. Desde então, “eu trabalho para dar ao povo uma narrativa diferente do que está acontecendo na Palestina”.

Rogers também condenou o uso de acusações de anti-semitismo como ferramentas para criminalizar aqueles que boicotam Israel.

 


No Uruguai, o Coordinacion por Palestina denunciou a pressão do lobby israelense para cancelar o evento com Waters. O teatro Galpon, que inicialmente oferecera o espaço para o evento, voltou atrás. O diretor Hector Guido argumentou que o teatro não seria usado para “promover o confronto”. Apesar do cancelamento, os organizadores puderam transferir o evento para a sede do Plenário Inter-Sindical dos Trabalhadores (PIT-CNT).

Water também falou da necessidade de defender a água e alertou contra tentativas corporativas de privatizar o recurso vital e pediu aos movimentos sociais, ativistas e cidadãos que se organizem para impedir o surgimento de candidatos de extrema-direita. “Para manter o descontentamento de se tornar um voto para Bolsonaro ou Trump, devemos nos organizar”, concluiu Water.

Compartilhe a Verdade:


0 0 vote
Article Rating

Compartilhe a Verdade!

Entre com:





Subscribe
Notify of
8 Comentários
Most Voted
Newest Oldest
Inline Feedbacks
View all comments
Alexandre Pontes
04/11/2018 11:54 pm

Ele foi vaiado efusivamente aqui no Brasil por apontar a dominação judaica por trás do Bolsonaro.
Quando iremos despertar dessa letargia em que vivemos?

Samuel Rodrigues
Reply to  Alexandre Pontes
05/11/2018 9:21 am

da até uma agonia de ver né meu caro :/

Márcio Henrique
04/11/2018 9:36 pm

Grande Roger Waters. Deus o proteja!

Miryam Yoshiko
Admin
04/11/2018 10:25 pm

Esta alma luciferiana merece nosso respeito e aplausos. Ainda citou Bolsonaro novamente. 👏👏👏

04/11/2018 10:36 pm

Roger Waters admirável! Incansável voz contra injustiças praticadas aos palestinos.

Douglas Ceron
Editor
05/11/2018 2:23 pm

Alma honrada! Forte e decidida pela verdade. Luz pra nós!

Sayler Céfas
09/11/2018 4:14 pm

Bendito seja o mestre Water
Deus já começou a ergue o reino dos justos!

Logo essa praga sionistas vai pro saco!

Admin bar avatar
17/07/2019 6:56 am

Deus guarde o Roger! Uma alma luciferiana! Luz pra nós!

error

Seja caminho para a Verdade

8
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Pular para a barra de ferramentas