sáb. maio 15th, 2021

Santos intactos desafiam a Ciência (comentei no fim)

Compartilhe a Verdade!

Compartilhe a Verdade:


Você já ouviu falar a respeito dos Santos Incorruptos? Não, neste caso o termo “incorrupto” não está relacionado com não ceder à tentação de receber propinas divinas, nem com o não envolvimento em negociações angelicais para a obtenção de benefícios celestes. Estamos falando aqui dos intrigantes cadáveres de pessoas que foram beatificadas ou canonizadas, mas que, por algum motivo misterioso, continuam preservados — alguns deles há vários séculos.

Beata Anna Maria Taigi, San Crisogono, Roma

Como você sabe, depois que um ser humano morre, a não ser que o corpo seja submetido a algum processo específico — seja natural ou intencional — de preservação, o cadáver passa por uma série de transformações nada agradáveis que, eventualmente, levam à sua completa decomposição.

No entanto, curiosamente, alguns santos aparentemente não passaram por nenhum desses processos e, em vários casos, a Ciência não conseguia — ou ainda não consegue — explicar a razão de seus corpos não terem se degradado.

Isso porque, apesar de existirem casos de pessoas que driblaram a decomposição, quando são descobertos, os corpos desses indivíduos geralmente se encontram mumificados, petrificados ou viraram “sabão”, por exemplo.

Santa Paula Frassinetti, Convento di Santa Dorotea, Roma

Por outro lado, no caso dos Santos Incorruptos, quando eles foram exumados, mesmo depois de vários anos após sua morte, muitos desses cadáveres apresentavam a mesma aparência — e às vezes até a flexibilidade — que tinham em vida, dando a impressão de que estavam dormindo. Além disso, seus corpos não mostravam sinais de terem sido embalsamados, nem de terem sido enterrados em condições que favorecessem a preservação.

Durante séculos, a Igreja Católica Romana defendeu que apenas os indivíduos com os corações mais puros e de fé inabalável eram capazes de resistir à decomposição, e ter o corpo incorrupto inclusive era um dos requisitos para a beatificação e canonização. Tanto que quando surgia algum candidato a santo no pedaço, um dos trâmites envolvia a exumação do corpo para que membros da Igreja, médicos e cientistas pudessem realizar a inspeção.

Além disso, nem sempre era necessário que o corpo se encontrasse completamente incorrupto, e a presença de órgãos ou membros preservados — como o coração, as mãos ou a língua — também era considerada. A prática de exumar os aspirantes a santo persistiu até o século 20, e hoje em dia, a incorruptibilidade, apesar de ser um sinal favorável, não é mais obrigatória para a beatificação ou canonização.

Incorruptos ilustres

Atualmente, existem corpos incorruptos em exposição em igrejas de várias partes do mundo, com a grande maioria deles espalhada pela Europa. Alguns não resistiram à passagem do tempo — e à ação do ambiente depois que foram exumados —, e finalmente se descompuseram.

Outros tantos foram embalsamados ou protegidos por camadas de cera, prata e até ouro, mas ainda existem exemplares que, misteriosamente, permanecem desafiando à passagem dos séculos. Independente de seu atual estado de preservação — ou se hoje eles não passam de múmias ou modelos —, todos se tornaram atrações e fascinam milhares de peregrinos e curiosos todos os anos, e você vai poder conhecer alguns dos Santos Incorruptos mais ilustres a seguir:

 

1 – Santa Bernadete de Lourdes

 

Santa Bernadete de Lourdes faleceu em 1879 e, em 1909, ou seja, trinta anos após a sua morte, o corpo permanecia intacto. De acordo com os médicos que acompanharam a primeira exumação, o cadáver se encontrava rígido, mas incrivelmente preservado. Em 1919, ocorreu uma segunda exumação, e as condições do corpo de Santa Bernadete permaneciam as mesmas, e o mesmo foi observado em 1925, na terceira exumação.

Nessa terceira ocasião, o corpo de Santa Bernadete foi coberto com uma fina camada de cera e colocado em uma urna — conforme você pode ver na imagem acima — e, desde então, ele se encontra em exposição na Igreja de Saint Gildard, em Nevers, na França.

 

 

2 – Santa Catarina de Bolonha

Quando Santa Catarina de Bolonha faleceu, em 1463, seu corpo foi enterrado diretamente na cova — sem o uso de um caixão — e, até onde se sabe, não passou por qualquer processo de embalsamamento. Após 18 dias, o cadáver foi exumado, e permanecia em perfeito estado, sem mostrar qualquer sinal de putrefação.

Maestro Giovanni Marcanova, o médico que examinou a santa na época, não conseguiu encontrar uma explicação para o fato e, então, o corpo foi vestido com um hábito limpo e colocado em uma cadeira.

Santa Catarina de Bolonha se encontra até hoje — mais de 500 anos depois de sua morte — na Capela da Ordem das Clarissas da Igreja de Corpus Domini em Bolonha, na Itália, e o seu corpo pode ser visto através de uma proteção de vidro. Por certo, a coloração escurecida da santa se deve à ação de milhares de velas que foram sendo queimadas pelos fieis ao longo dos séculos.

 

3 – Santa Cecília

Não existem informações muito precisas sobre a data na qual Santa Cecília foi martirizada, e sua história só foi registrada no século 5. Mas acredita-se que ela foi condenada à morte por decapitação entre anos de 176 e 180 por Turcius Almachius, o então prefeito de Roma. Dizem que o carrasco não conseguiu separar a cabeça do corpo mesmo depois de três golpes no pescoço de Cecília — e que ela ainda agonizou durante três dias antes de finalmente morrer.

O corpo da mártir teria sido encontrado incorrupto e na mesma posição em que foi abandonado entre os anos de 817 e 824, ou seja, mais de 600 anos após a sua morte. Mais tarde, em 1599, Cecília voltou a ser exumada, e seus restos mortais permaneciam iguais. Foi então que uma estátua reproduzindo a forma como o seu corpo foi descoberto foi colocada sobre a tumba da santa, e ela pode ser visitada na Igreja de Santa Cecília no Trastevere, em Roma.

 

 

4 – São Silvano

São Silvano se encontra em exposição na Igreja de São Brás em Dubrovnik, na Croácia, e também é mais um exemplo famoso de Santo Incorrupto. Ele foi martirizado com um ferimento no pescoço durante o século 4, e até hoje — cerca de 1700 anos depois! — seu corpo ainda existe. O cadáver provavelmente recebeu uma camada de cera para ser preservado, mas, mesmo assim, é extraordinário que ele tenha resistido por tanto tempo.

 

5 – Sor María de Jesús de Ágreda

María de Jesús foi uma freira espanhola que morreu em 1665, e seu corpo se encontra até hoje em exposição no Convento de la Concepción, localizado em Ágreda, na Espanha, onde ela foi abadessa. Como você pode ver na imagem, uma estátua de Sor María foi criada para marcar o local de sua sepultura, e o corpo incorrupto — sobre o qual foi aplicada uma fina camada de cera para dar uma corzinha à freira — fica em uma urna de vidro logo abaixo.

 

 

6 – Santa Rita de Cássia

Santa Rita de Cássia, a santa das causas impossíveis, morreu em 1457, e seu corpo incorrupto — embora se encontre bem desidratado atualmente — pode ser visitado na Basílica de Santa Rita em Cascia, na Itália. Segundo alguns rumores, os olhos da santa já foram flagrados se abrindo e fechando sozinhos, e ela também parece mudar de posição no interior da urna de vidro que guarda o seu corpo.

 

 

7 – Santa Catarina de Labouré

Santa Catarina de Labouré faleceu em 1876, e quando o seu corpo foi exumado em 1933, ou seja, cerca de 56 anos após sua morte, ele foi encontrado incorrupto. Dizem que seus olhos permaneciam tão azuis como no dia em que ela morreu, e atualmente Santa Catarina de Labouré pode ser vista em exposição em uma capela na Rue du Rac, em Paris.

 

8 – São João Maria Vianney

Também conhecido como o “Santo Cura D’Ars”, São João Maria Vianney morreu aos 73 anos no início de agosto de 1859, e foi sepultado usando uma máscara de cera. Mas quando seu corpo foi exumado em obediência aos trâmites necessários para a sua beatificação, ele foi encontrado incorrupto, e seu coração foi removido e colocado em um relicário. Atualmente, São João Maria Vianney pode ser visitado no Santuário de Ars, na França.

 

 

9 – Padre Pio

Nascido em Pietralcina, na Itália, em 1887, Padre Pio foi um capuchinho que se tornou famoso por seus estigmatase milagres. Após uma longa vida de devoção, ele morreu em 1968, na Igreja de Santa Maria das Graças, localizada em San Giovanni Rotondo, na Itália.

Pio foi canonizado pelo Papa João Paulo II em 2002, e seu corpo — supostamente — incorrupto foi exumado no início de 2008 e, desde então, se encontra em exposição em uma urna de vidro e é visitado por milhares de peregrinos todos os dias.

 

 

10 – São Francisco Xavier

Também conhecido como “Apóstolo do Oriente”, São Francisco Xavier nasceu em 1506, na Espanha, e não só ajudou a fundar a Companhia de Jesus, como foi um dos maiores evangelizadores da Igreja, atuando como missionário no Oriente, sobretudo no Japão e na Índia. São Francisco morreu em dezembro de 1552, na China, mas, em fevereiro de 1553, ele foi exumado e descoberto incorrupto. Aliás, a história do corpo do santo é uma viagem!

Em março de 1553, após ser exumado, o corpo de São Francisco foi levado a Malacca, na Malásia, onde foi sepultado em um caixão com duas camadas de cal para acelerar o processo de degradação e ajudar no transporte de seus ossos. Mas, para a surpresa de todos, passados dois meses e meio, o cadáver foi novamente exumado e, depois de a cal ser removida, o corpo permanecia intacto.

São Francisco foi mais uma vez sepultado — com uma pitadinha de cal —, só que desta vez diretamente na terra. Pois, em dezembro do mesmo ano, o santo continuava inteirinho e, como não dava sinais de querer se decompor, ele foi enviado assim mesmo até Goa, que era o local no qual São Francisco queria que seus ossos fossem enterrados.

Finalmente, em 1637, o corpo incorrupto foi colocado em uma urna de vidro e prata, onde permanece até hoje em exposição na Basílica do Bom Jesus. No entanto, depois de tantas idas e vindas — e tanto tempo! — São Francisco Xavier se encontra um tanto quanto deteriorado.

 

O Texto acima é da internet galera; mas agora um comentário meu aqui sobre o assunto:

Veja que a sintonia com a simetria espanta toxinas e baixas frequências que perdem para o Tempo, enquanto altas frequências não. Um grito baixo não chega longe, e o espaço-tempo logo abocanha. Mas um grito bem alto irá mais longe e seu eco durará mais.

A conexão mental que estes corpos fizeram com o Espírito, à fim de chegarem ao Reino “vivos”, os mantiveram materialmente conectados a algo que ia além disso. Este é o perigo de julgar o Eterno pelo Passageiro. Imagine se assim fosse.. quantos não perguntariam sobre seus escravos? Suas charretes e canhões? Quem daria falta d’uma geladeira ou qualquer tecnologia que ainda nem existia?

Querer fazer o Paraíso com os olhos passageiros é terrível, e se Deus fizesse nossa medíocre vontade, nada restaria.

Muitas destas pessoas santas, apesar de admiráveis, fizeram seu máximo esforço em acertar em cada detalhe por medo da Morte, por medo do Inferno; e por um profundo interesse em sobreviver durante a felicidade futura. Esse apego exagerado mais parece desespero do que Amor. E essa entrega completa ao que se vê em um Momento, com certeza será erro em outro. Um Santo de uma época, defendendo uma conduta, pode ser visto como terrível em outra época.

A própria Igreja Católica apoiou escravidão dizendo que não tinham alma. Cada beato dessa época virou demônio depois?

 

 

A Consciência é viva e se move, por isso, Deus não pode se dar ao luxo de paparicar nerds chatos e interesseiros querendo travar a realidade para ganhar uma medalha de boa conduta quando na verdade a única coisa que possuem é medo.

Dessa forma, quem deixa de viver a vida (não significa ser injusto ou justo – porque isso varia no Tempo – mas sim ser ponderado) para querer copiar o que pensa que Deus é, então fica com a única coisa que valorizou: o Corpo, a Matéria; que sem o Espírito que abdicaram, fica ali, servindo de exemplo sobre o que não fazer; quando passaram a vida tentando o contrário.

O que te faz atingir o Reino não é viver que nem uma planta amando Deus artificialmente em um convento. Nem choramingando de arrependimento ou medo. Atingir o Reino é amar a Deus, e ninguém O ama se não amar a Vida. Quem é chato e sem cor na Terra, vai ser ainda pior no Céu.

Deus quer alegria sem atropelar a Simetria. Esse é o desafio: a Felicidade! – e as leis foram feitas para entendermos isso. O necessário versus o ideal; para que então, vivamos em revezamento, sem julgamento diante do paradoxo, e sem Orgulho diante do único Acerto que inclui os erros e, consequentemente, exclui quem pensa acertar. Por isso a humildade é a chave; para termos coragem de aceitarmos erros que nos dão vaga no Acerto; enquanto quem pensa ser certo, luta com o Acerto; ou seja; vai p’ra Escuridão tentar ser a Luz que pensa que é.

Cristo não era um beato, muito pelo contrário. Cristo era Deus podendo estar vivo entre os Seus.

 

Veja que todas estas “certezas de merecimentos” que estão vinculadas a estes corpos e estes tempos, agora impedem que tais frequências acompanhem a Consciência no renascimento. Por outro lado, caso despertem e se encontrem, terão fonte direta a seus Carmas e Darmas; assim como faziam os antigos. Porém, uma coisa é em Reinos justos querermos nos encontrar para continuarmos estudos e trabalhos, outra coisa é nesse Inferno Católico você querer voltar p’ra sonhos e traumas ilusórios… ao invés de agradecer por se encontrar, agradecemos por Deus nos apagar e deixar-nos recomeçar.

 

Ainda assim, que Deus abençoe os Santos e suas caridades. Que tenha visto, como viu, suas boas intenções. Mas que acima disso, saibam que quem não renascer, não tem espaço no Reino; e quem renasce, não tem do que se gabar… (e nem se culpar)

“de que vale então tudo o que vivi?”

– Vale ter feito-lhe querer renascer.

 

Luz p’ra nós

(Obrigado aos membros leais e a todos que ajudam de todas as formas que podem.)

 

 

 

 

 

Compartilhe a Verdade:


5 1 vote
Article Rating

Compartilhe a Verdade!

Entre com:





Subscribe
Notify of
38 Comentários
Most Voted
Newest Oldest
Inline Feedbacks
View all comments
Shirley Oliveira
27/04/2021 9:23 am

Gratidão mestre a vários dias eu me pegava fazendo a reflexão sobre a culpa. Todos dias sinto que deixo o passado de culpas, erros e acertos pra trás e me sinto cada vez mais pronta pra viver com amor e honra.
Luz p’ra nós

Silvia Cristina Rodrigues
27/04/2021 10:40 am

Sempre achei cabuloso os corpos fisícos intactos. Realmente faz sentido ,a prisão no próprio por apego a matéria! Grata sempre Mestre Bob🙏💜
Luz p’ra nós…

Last edited 18 dias atrás by Silvia Cristina Rodrigues
Romário Vieira
27/04/2021 11:07 am

Muito bom Mestre. Luz p’ra nós!

Shirley Oliveira
27/04/2021 9:24 am

Gratidão mestre.
A vários dias eu me pego fazendo uma reflexão sobre a culpa. Todos dias sinto que deixo o passado de culpas, erros e acertos pra trás e me sinto cada vez mais pronta pra viver com amor e honra.
Luz p’ra nós

Romário Vieira
27/04/2021 11:09 am

Valeu Mestre. Luz p’ra nós!

27/04/2021 1:03 pm

Incrível como esses corpos estão resistindo tão bem a ação do tempo, impossível não correlacionar o fator mental às energias que os mantém conservados, mais como Mestre disse: “todas estas “certezas de merecimentos” que estão vinculadas a estes corpos e estes tempos, agora impedem que tais frequências acompanhem a Consciência no renascimento.” “A Consciência é viva e se move, por isso, Deus não pode se dar ao luxo de paparicar nerds chatos e interesseiros querendo travar a realidade para ganhar uma medalha de boa conduta quando na verdade a única coisa que possuem é medo.” Gratidão Amado Mestre🙏🏻 Luz p’ra… Read more »

Arlete Lima
27/04/2021 1:25 pm

Gratidão pelo post, muito esclarecedor aprendendo sempre! Luz pra nós!

Elielton Mariano
27/04/2021 2:27 pm

Salve Mestre! Ja tinha visto sobre, mas não me aprofundei. Muito interessante, e com o seu posicionamento coerente, podemos compreender. “O que te faz atingir o Reino não é viver que nem uma planta amando Deus artificialmente em um convento. Nem choramingando de arrependimento ou medo. Atingir o Reino é amar a Deus, e ninguém O ama se não amar a Vida. Quem é chato e sem cor na Terra, vai ser ainda pior no Céu.” As pessoas ao meu redor, sempre serviram por medo, e eu não compreendia, isso me afastava um pouco, pois não havia amor, apenas medo,… Read more »

Lucas Schwarzbold
Editor
27/04/2021 5:08 pm

Salve Mestre. Excelentes conselhos! Gratidão 🙏🏾
Luz pra nós!

Leonardo Moreira
27/04/2021 1:01 pm

Gratidão.
Luz P’ra Nós!

Mateus Oliveira
27/04/2021 1:29 pm

Salve Mestre! Essa é uma explicação Coerente de fato, e transcende os pacotes do teatro. Gratidão, LPN!

Maria Fernanda
27/04/2021 6:15 pm

Obg pela matéria, Mestre! Nunca tinha visto algo assim… e que excelente reflexão ao final, sempre grandes ensinamentos. Luz p’ra nós!

Edson Junior (Junior)
27/04/2021 11:58 pm

Gratidão mestre! O primeiro passo mesmo é ver que todo mundo tá devendo antes de querer mérito né. Deus sabe o quanto lembrar do que nos ensinou me ajudou. E só muito obrigado, gratidão do coração pelo caminho que trilhou e nos mostrou.
Luz pra nós!

Maísa Sousa
28/04/2021 12:09 am

Luz pr’a nós

Jucemar Mello
27/04/2021 9:07 pm

Luz p’ra nós!!

Matheuzin
27/04/2021 9:55 pm

Gratidão mestre! Luz pra nós!

Rômulo Matheus Lins
27/04/2021 10:26 pm

Luz p’ra nós!!

Bruno Davi Moquiute
28/04/2021 12:49 am

Luz para nós!!

Mateus Silva
28/04/2021 7:54 am

Luz p’ra nós Mestre!

Marcio Alves Otero Barco Jr
28/04/2021 10:04 am

Muito profundo esse post mestre, A Misericórdia de Deus é muito grandiosa. Luz p’ra nós

Victor Reis
28/04/2021 10:19 am

Incrível, Mestre! O posicionamento sobre apego e medo e como sintonizar o Reino está bem claro. Gratidão por tudo! Luz p’ra nós!

Daniela Cristina
Editor
28/04/2021 12:01 pm

“Quem renasce, não tem do que se gabar… (e nem se culpar)
“de que vale então tudo o que vivi?”
– Vale ter feito-lhe querer renascer.”

Muito top a matéria Mestre, não sabia sobre esses corpos.
E a síntese do final foi de cair o queixo… que possamos estar alinhados no amor e na honra e observar cada erro p’ra ser escudo, companhia p’ra Deus o amando e honrando!

Maísa Sousa
28/04/2021 12:51 pm

Gratidão pela matéria.
Luz pr’a nós

Gutemberg Lima dos Santos
28/04/2021 2:39 pm

Gratidão mestre, Luz p’ra nós!

Sávio
28/04/2021 3:06 pm

gratidão rs

khetelin oliveira
29/04/2021 8:29 am

Gratidão pelo post mestre, está incrível! Já tinha visto sobre isso e a primeira impressão foi que tinham sido abençoados por Deus, mas com a sua explicação se percebe o peso disso! Uma reflexão muito profunda a ser feita, em como seremos úteis para Deus e para a vida com as nossas perspectivas. Luz p’ra nós!

Priscila Ferreira dos Santos
30/04/2021 4:23 pm

Sempre posicionando com coerencia e clareando o que e realmente estar com Deus. Um tio uma vez me disse que os santos sao os que creem e vivem de acordo com a vontade de Deus, nao glamourizacao do martirio. Essa materia confirmou isso. Muito obrigada por tudo, mestre. Luz p’ra nos!

Josimar Lima
Editor
30/04/2021 6:31 pm

Bom demais ! Luz p’ra nós!

José Ricardo Dos Santos
28/04/2021 4:29 pm

Luz p’ra nós mestre.

Gustavo Kraemer
28/04/2021 8:26 pm

Luz pra nós!
Gratidão. Abriu minha mente.

Catarina Melo
Admin
28/04/2021 9:57 pm

Incrível síntese Mestre, parece q esses corpos só ecoaram até os dias de hoje para q o Verbo trouxesse esse entendimento, fazendo o erro virar acerto, Deus sempre nos surpreende, o extremo da nossa certeza lógica sempre se torna erro diante de Deus, por isso temos q sobrevoar e manter o equilíbrio! Gratidão luz p’ra nós!

José
29/04/2021 1:26 pm

Luz pra nós

Ariel dos Santos
29/04/2021 3:54 pm

Luz p’ra nós!

Freit EDL
30/04/2021 5:23 am

Show. Obrigado Bob.
Luz p’ra nós

Gustavo Borba
01/05/2021 1:11 am

Incrível!
Luz p’ra nós!

Eduardo Donald
01/05/2021 2:12 pm

Lpn!

Pedro Silveira Goulart Cassiano
06/05/2021 12:37 am

Gratidão Mestre Bob,luz pra nós!

Michelly
Admin
14/05/2021 4:43 pm

Salve mestre, muito boa as considerações. Gratidão mais uma vez por continuar nos ensinando. Que Deus continue te abençoando e iluminando o seu caminho sempre.

Luz p’ra nós!

error

Seja caminho para a Verdade

38
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Pular para a barra de ferramentas