sáb. maio 15th, 2021

Sem negociação, Embraer demite 2.500 funcionários

Compartilhe a Verdade!

Compartilhe a Verdade:


 

 

De GGN

 

 

A Embraer demitiu, nesta quinta-feira, dia 3, 900 trabalhadores que estavam em licença remunerada. O corte se dá um dia após o encerramento do programa de demissão voluntária (PDV) que teve 1.600 adesões pelo país.

 

 

O Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos afirmou que as demissões foram feitas sem qualquer tipo de negociação e que isso viola o acordo de preservação de emprego assinado em 9 de abril, em período de calamidade publica pela pandemia do coronavírus.

 

Hoje, dia 4, haverá assembleia convocada pelo sindicato com todos os demitidos, na portaria da matriz, em São José dos Campos.

 

Segundo os metalúrgicos, nem o PDV foi negociado ainda, pois a empresa somente apresentou o programa sem discutir as alternativas. É o terceiro PDV aberto pela Embraer em menos de dois meses.

 

O sindicato entende que a empresa tenta justificar o PDV colocando a culpa na pandemia, mas as dificuldades financeiras estão relacionadas, segundo estudos, com a má gestão do Conselho Administrativo na negociação com a Boeing.

 

“É um crime o que a Embraer está fazendo com esses trabalhadores. Enquanto mantém altos executivos com salários milionários, demite 2.500 pais e mães de família que dependem de seus empregos para sobreviver. Não aceitaremos essa medida. Vamos buscar todas as formas de luta para reverter as demissões”, afirma o diretor do Sindicato, Herbert Claros.

Compartilhe a Verdade:


0 0 votes
Article Rating

Compartilhe a Verdade!

Entre com:





Subscribe
Notify of
2 Comentários
Most Voted
Newest Oldest
Inline Feedbacks
View all comments
Silvia Cristina Rodrigues
04/09/2020 1:00 pm

Mais famílias prejudicadas. E sempre os menos favorecidos!

Williams Rodriguez
05/09/2020 3:31 pm

Luz pra nós!

error

Seja caminho para a Verdade

2
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Pular para a barra de ferramentas