seg. mar 8th, 2021

Tunelamento quântico em grafeno na era das comunicações sem fio terahert

Compartilhe a Verdade!

Compartilhe a Verdade:


Foto: Istock

 

Cientistas do Moscow Institute of Physics and Technology – MIPT, da Moscow Pedagogical State University e da University of Manchester criaram um detector de terahertz altamente sensível baseado no efeito do tunelamento mecânico quântico no grafeno. A sensibilidade do dispositivo já é superior aos análogos disponíveis comercialmente baseados em semicondutores e supercondutores, o que abre perspectivas para aplicações do detector de grafeno em comunicações sem fio, sistemas de segurança, radioastronomia e diagnósticos médicos. Os resultados da pesquisa estão publicados na Nature Communications.

 

A transferência de informações em redes sem fio é baseada na transformação de uma onda eletromagnética contínua de alta frequência em uma sequência discreta de bits. Esta técnica é conhecida como modulação de sinal. Para transferir os bits mais rapidamente, é necessário aumentar a frequência de modulação. No entanto, isso requer um aumento síncrono na frequência da portadora. Um rádio FM comum transmite em frequências de 100 megahertz, um receptor Wi-Fi usa sinais de frequência de aproximadamente 5 gigahertz, enquanto as redes móveis 5G podem transmitir sinais de até 20 gigahertz. Isso está longe do limite, e um aumento adicional na frequência da portadora admite um aumento proporcional nas taxas de transferência de dados. Infelizmente, captar sinais com frequências de cem gigahertz ou mais é um problema cada vez mais desafiador.

 

Um receptor típico usado em comunicações sem fio consiste em um amplificador de sinais fracos baseado em transistor e um demodulador que retifica a sequência de bits do sinal modulado. Esse esquema se originou na era do rádio e da televisão e se tornou ineficiente em frequências de centenas de gigahertz desejáveis ​​para sistemas móveis. O fato é que a maioria dos transistores existentes não são rápidos o suficiente para recarregar em uma frequência tão alta.

 

“A ideia de forte reação de um transistor de tunelamento a baixas tensões é conhecida há cerca de quinze anos”, diz o Dr. Dmitry Svintsov, um dos autores do estudo, chefe do laboratório de optoeletrônica de materiais bidimensionais do centro MIPT para fotônica e materiais 2D. “Mas ele é conhecido apenas na comunidade da eletrônica de baixa potência. Ninguém percebeu antes de nós que a mesma propriedade de um transistor de tunelamento pode ser aplicada na tecnologia de detectores terahertz. Georgy Alymov (co-autor do estudo) e eu tivemos sorte em trabalhar em ambas as áreas. Percebemos então: se o transistor é aberto e fechado em uma baixa potência do sinal de controle, então ele também deve ser bom em captar sinais fracos do ambiente circundante.”

 

O dispositivo criado é baseado em grafeno de duas camadas, um material único no qual a posição dos níveis de energia (mais estritamente, a estrutura de banda) pode ser controlada por uma tensão elétrica. Isso permitiu aos autores alternar entre o transporte clássico e o transporte por tunelamento quântico dentro de um único dispositivo, com apenas uma mudança nas polaridades da tensão nos contatos de controle. Esta possibilidade é de extrema importância para uma comparação precisa da capacidade de detecção de um transistor de tunelamento clássico e quântico.

O experimento mostrou que a sensibilidade do dispositivo no modo de tunelamento é algumas ordens de magnitude maior do que no modo de transporte clássico. O sinal mínimo distinguível pelo detector contra o fundo ruidoso já compete com o dos bolômetros supercondutores e semicondutores disponíveis comercialmente. No entanto, este não é o limite – a sensibilidade do detector pode ser aumentada ainda mais em dispositivos ‘mais limpos’ com uma baixa concentração de impurezas residuais. A teoria de detecção desenvolvida, testada pelo experimento, mostra que a sensibilidade do detector ideal pode ser cem vezes maior.

 

“As características atuais suscitam grandes esperanças para a criação de detectores rápidos e sensíveis para comunicações sem fio”, diz o autor do trabalho, Dr. Denis Bandurin. “E essa área não se limita ao grafeno e não se limita aos transistores de túnel. Esperamos que, com o mesmo sucesso, um detector notável possa ser criado, por exemplo, com base em uma transição de fase eletricamente controlada. O grafeno acabou sendo apenas uma boa plataforma de lançamento aqui, apenas uma porta, atrás da qual está todo um mundo de novas pesquisas interessantes.”

 

Os resultados apresentados neste artigo são um exemplo de colaboração bem-sucedida entre vários grupos de pesquisa. Os autores observam que é esse formato de trabalho que lhes permite obter resultados científicos de nível mundial. Por exemplo, anteriormente, a mesma equipe de cientistas demonstrou como as ondas no mar de elétrons do grafeno podem contribuir para o desenvolvimento da tecnologia terahertz. “Em uma era de tecnologia em rápida evolução, está se tornando cada vez mais difícil alcançar resultados competitivos”, comenta o Dr. Georgy Fedorov, vice-chefe do laboratório de materiais de nanocarbono, MIPT, “Somente combinando os esforços e a experiência de vários grupos poderemos ter sucesso realizar as tarefas mais difíceis e alcançar os objetivos mais ambiciosos, que continuaremos a fazer.”

 

Fonte: EngenhariaÉ

 

Veja tmbm:

 

terito logo

acesse:

Escola de Lucifer
Círculo EDL
Unebrasil

Livro Lucifer

Unebrasil.net
Quero Vencer
Congresso Digital

Luz p’ra nós!

666

Compartilhe a Verdade:


5 1 vote
Article Rating

Compartilhe a Verdade!

Entre com:




Subscribe
Notify of
22 Comentários
Most Voted
Newest Oldest
Inline Feedbacks
View all comments
Gustavo Kraemer
07/02/2021 11:04 pm

Não sei se entendi muito bem, mas parece fantástico rs

Macauley Shivaya ''Mago''
07/02/2021 11:51 pm

Luz para nós!

José
08/02/2021 4:54 am

Luz pra nós

Leonardo Moreira
08/02/2021 9:52 am

Interessante.
Luz P’ra Nós!

Silvia Cristina Rodrigues
08/02/2021 10:39 am

Show de inovação!! Luz p’ra nós…✨

Ana Paula
08/02/2021 11:45 am

Luz p’ra nós!

Williams Rodriguez
08/02/2021 12:17 pm

Luz pra nós!

Rômulo Matheus Lins
08/02/2021 12:57 pm

Luz p’ra nós!!

Lucas Schwarzbold
Editor
08/02/2021 1:53 pm

Luz pra nós !

Arlete Lima
08/02/2021 2:13 pm

Luz pra nós🎆

Beatriz Belato
08/02/2021 2:45 pm

Gratidão

Bruno Davi Moquiute
08/02/2021 9:20 pm

Luz para nós!

Bruna Sollara
08/02/2021 9:50 pm

Luz p’ra nós!

Shirley 666
09/02/2021 6:36 pm

Luz p´ra nós.

Diego Costa
09/02/2021 7:51 pm

Se entendi corretamente a máquina transforma onda em bits, tudo conforme ensinado na escola

Camila Ribeiro
10/02/2021 10:05 am

Luz pra nós!

Macauley Shivaya ''Mago''
11/02/2021 12:05 am

Grato pela informação, luz para nós!

Admin bar avatar
11/02/2021 8:47 pm

Luz pra nós!

Bruno Davi Moquiute
11/02/2021 8:55 pm

Grato, pela informação, Luz para nós!

Edson Junior (Junior)
12/02/2021 12:58 am

Inovações a frente. Um futuro perfect world. Luz pra nós!

Daniela Cristina
Editor
13/02/2021 1:08 pm

Não entendi nada pra ser sincera kkkkkkk linguagem bem técnica

error

Seja caminho para a Verdade

22
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Pular para a barra de ferramentas