fazer minhocário
Os minhocários são uma das possibilidades para quem quer fazer compostagem doméstica. Foto: iStock

 

Manual ensina tudo que você precisa saber para começar a compostar seu lixo orgânico em casa.

Transformar restos de alimentos em adubo orgânico por meio da compostagem virou política pública em Florianópolis. Há anos, a cidade estimula a prática da compostagem doméstica a seus moradores, seja pela coleta seletiva de lixo orgânico ou por projetos como o “Minhoca na Cabeça”, que distribui kits com caixas, composto e minhocas para os moradores cuidarem de seus próprios resíduos.

A experiência na gestão de lixo orgânico é compartilhada, pela prefeitura, em oficinas e materiais educativos disponíveis online. Exemplo disso é o tutorial de como fazer minhocário – o sistema que usa minhocas para compostar restos de alimentos.

No processo, os resíduos orgânicos são decompostos por meio da ação de micro-organismos e, com a ajuda de minhocas, transformam frutas, legumes e verduras em um rico biofertilizante, que serve de adubo para hortas e plantas. Compacto, o minhocário pode ser instalado mesmo dentro de pequenos espaços.

O tutorial de como fazer minhocário explica tudo que você precisa saber para começar a compostar seu lixo em casa. Traz muitas dicas bacanas (como ilustrado abaixo) do que pode ou não entrar no sistema, alguns problemas comuns aos iniciantes na prática e as respectivas soluções e como usar o composto resultante do processo. Acesse o arquivo para download e clique em Manual Minhoca na Cabeça.

como fazer minhocário

Impacto da compostagem

Reduzir a pegada de carbono de forma coletiva representa grandes impactos positivos. A Prefeitura de Florianópolis calcula que os donos dos 700 minhocários, já entregues pela gestão, deixaram de enviar mais de 103 toneladas de resíduos orgânicos para o aterro sanitário.

Somados os serviços de coleta seletiva e entrega voluntária, 5 mil toneladas de resíduos orgânicos foram recuperados em 2020. Isso representa a redução da emissão de gases poluentes em 36 mil toneladas de dióxido de carbono (CO²) equivalente durante o ano.

Floripa também possui um guia para compostagem comunitária de lixo orgânico. O material é voltado para os que buscam implantar um sistema de compostagem no bairro ou com um grupo de amigos. Fonte: Ciclo Vivo